Conheça 3 doenças que podem comprometer a saúde dos seus olhos - Clinica Fares

Conheça 3 doenças que podem comprometer a saúde dos seus olhos

6 de janeiro de 2016

Conheça 3 doenças que podem comprometer a saúde dos seus olhos

 

Da Redação

 

Hoje vamos falar de três doenças oculares que podem comprometer de maneira bem séria a saúde dos seus olhos. Vamos lá?

 

Para enxergarmos muito bem, nossos olhos devem estar orientados para o mesmo ponto de fixação. Só assim nosso cérebro juntará essas imagens captadas pelos dois olhos e as interpretará como uma só.

 

Mas isso é um problema para as pessoas estrábicas, as vesgas. O estrabismo é um distúrbio que afeta o paralelismo entre os dois olhos, apontando para direções diferentes.

 

Os estrábicos, por terem o olhar apontando para diferentes direções, enxergam com menor senso de profundidade e, por isso, o cérebro deles só interpreta apenas uma imagem porque ignora a imagem recebida pelo olho com problema.

 

Nos casos onde o estrabismo não é corrigido com óculos, é indicada a cirurgia.

 

Já a catarata é um problema ocular mais sério. Se não tratada, pode até levar a pessoa à cegueira. Ela é uma doença caracterizada pela lesão ocular que causa opacidade do cristalino, que é uma lente natural que focaliza as imagens na retina.

 

O que a catarata faz é causar a perda na transparência do cristalino e aí é que mora o perigo: com o tempo, a visão pode ser afetada pela catarata progressivamente podendo chegar a afetá-la totalmente, impedindo a pessoa de enxergar.

 

A doença afeta mais as pessoas a partir dos 50 anos de idade. A boa notícia é que o problema é reversível e, com o tratamento adequado, que é a cirurgia, as pessoas voltar a ver tudo novamente.

 

Para finalizar nosso bate-papo de hoje, falo do glaucoma, que é uma doença ocular que devemos encarar com muita preocupação. Isso porque ela é silenciosa, digamos, porque não costuma apresentar sintomas em sua fase inicial.

 

Dessa forma, muitas pessoas só desconfiam que há algo errado com quando percebem a perda da visão, o que se manifesta em seu estado já avançado.

 

A preocupação com o glaucoma faz sentido. Até 2020, a Organização Mundial da Saúde (OMS) estima um crescimento mundial de indivíduos com glaucoma de 60 milhões para 80 milhões. Daí você já entende que não se pode bobear com esse tipo de doença.

 

O diagnóstico é sempre uma forma de prevenir o glaucoma. O tratamento, na maior parte dos casos, é clinico e com a utilização de colírios. Quando não é possível o controle com medicamentos de uso tópico, o oftalmologista pode recomendar a cirurgia.

 

Como essa doença não costuma apresentar sintomas iniciais, é muito importante a ida de pessoas com mais de 40 anos a um médico oftalmologista. Enxergar com saúde é manter seus exames de visão atualizados sempre, está bem? Até a próxima!

 

 

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE