Cirurgia Plástica para aumentar as mamas - ClinicaFares

Cirurgia Plástica para aumentar as mamas

9 de janeiro de 2017
6 Flares Facebook 0 LinkedIn 6 Google+ 0 Email -- 6 Flares ×

Você já sonhou em colocar silicone? A Cirurgia Plástica para aumentar as mamas também conhecida como mamoplastia de aumento ou “inclusão de silicone” é basicamente, indicada para:
– Aumentar o volume e projeção das mamas. Pode ser associada a um levantamento das mesmas (mastopexia);
– Equalizar o volume entre as mamas direita e esquerda (seja após grandes perdas de peso, gravidez, amamentação ou para mamas que naturalmente possuem volumes diferentes).silicone_-imagens
A mamoplastia de aumento também está indicada para os casos de reconstrução mamária após cirurgias mamárias oncológicas (casos de câncer de mama).
Em todas as indicações, a melhora da autoestima e autoconfiança é o grande objetivo do procedimento.

O que é silicone?

O implante de silicone é um dispositivo criado à partir de um polímero de silicone, feito pelo homem, composto de cadeias de carbono, silício e oxigênio. Com a tecnologia atual, estes não possuem uma “data de validade para serem retirados”, mas sim, necessitam de um acompanhamento com o cirurgião para monitorar seus aspectos com o passar dos anos.
Existem várias marcas no mercado, com diferentes padrões de tamanho, textura e composição. O médico optará pela marca que tem maior confiança e, de preferência, que obedece a normas de segurança e padrões de qualidade nacional e internacionalmente.

silicone_-2

Quem pode ser submetida a esta cirurgia?

A cirurgia é um procedimento individualizado. Não se deve levar em conta casos de outras pacientes conhecidas, volumes de implantes, tipo físico etc. Cada paciente é única e terá sua indicação cirúrgica com exclusividade, devendo o médico obedecer a seus padrões próprios de beleza e não a um modismo ou padrão estético imposto pela sociedade.
Fatores como alergias, algumas doenças ou hábitos podem contraindicar o procedimento.

Indicação cirúrgica

As consultas no pré-operatório são de extrema importância. Nelas, o cirurgião fará uma história clínica e exame físicos minuciosos além de solicitar exames complementares pertinentes. Tudo isso com a finalidade de propor a cada paciente uma cirurgia com menores riscos e que apresente, ao seu final, resultados satisfatórios.

 

A cirurgia

O procedimento, que dura entre 1 a 3 horas, deverá ser realizado em ambiente hospitalar e com anestesia apropriada (que deverá ser discutida com o anestesista visando um maior conforto e segurança durante o ato operatório).

O implante de silicone poderá ser alojado em 3 posições:
* Acima do músculo peitoral
* Abaixo do músculo peitoral
* Um plano híbrido ou duplo, na qual o implante fica parcialmente abaixo do músculo

O local por onde será colocado o dispositivo poderá ser:cortessilicone
* No sulco inferior da mama
* Na linha axilar
* Ao redor da aréola

Tanto o plano quanto o local de inclusão do implante deverá ser apresentado pelo cirurgião, baseado nas vantagens da conduta escolhida e em sua experiência.

Dúvidas frequentes:

Amamentação
A inclusão de silicone nas mamas não é um fator que inviabilize o aleitamento materno, independente de seu plano de colocação, ou seja, abaixo ou acima do músculo peitoral. O que poderá ocorrer é uma diminuição da sensibilidade nos mamilos quando a opção de colocação de implante se dá por acesso peri-areolar.

Câncer de mama

Não há, até o momento, nenhuma assertiva científica que correlacione o silicone como causa de neoplasias de mama.

Não se esqueça!

* Sempre retire suas dúvidas com seu cirurgião;
* Solicite orientações quanto ao hospital em que será feita a cirurgia e quem é a equipe médica;
* Pergunte sobre a marca de implante utilizada e quais são as garantias da mesma;
* Sempre duvide de valores muito abaixo do mercado: quase sempre, o barato sai caro. Não subjugue sua integridade física e sua saúde
* Não adote como verdade fatos e fotos disponíveis na Internet. Nem tudo que está na web é confiável
* Pesquise seu médico! O aplicativo da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica na iOS (iPhone) e PlayStore (Android) divulgam os profissionais nela credenciados e aptos para realizar sua cirurgia.

                                                  Texto por : Dr. Fabio Nogueira – Cirurgia Plástica –  Clínica Fares Osasco – CRM: 139152fabio-cirp

 

 

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE