Febre Amarela - ClinicaFares

Febre Amarela

25 de janeiro de 2017

O que é Febre Amarela?

A Febre Amarela é uma doença perigosa e pode até ser fatal! No estado de São Paulo, já foram confirmadas 3 morte ocasionadas por ela (Até o dia 25/01/2016). Todas as vítimas estiveram neste ano em Minas Gerais, estado que enfrenta um surto da doença.

As primeiras manifestações da doença são inesperadas pode ocorrer: febre alta, calafrios, cansaço, dor de cabeça, dor muscular, náuseas e vômitos por cerca de três dias. Existe ainda uma forma mais grave da doença, que é rara e costuma aparecer após um breve período de bem-estar (até dois dias) depois dos primeiros sintomas, quando pode aparecer insuficiências hepática e renal, icterícia (olhos e pele amarelados), manifestações hemorrágicas e cansaço intenso.

Prevenção

É muito importante adotar medidas preventivas para se proteger, por isso a Clínica Fares separou algumas dicas para evitar a doença:
1- Evite deixar água parada. O mosquitos transmissor da Febre Amarela costumam pôr seus ovos nesses locais;
2- Cubra sua pele. Procure por tecidos que não sejam muito finos, pois os mosquitos conseguem picar através de materiais finos demais;
3- Use repelente. Procure produtos que contenham icaridina, que é um repelente muito eficaz;
4- Coloque telas nas janelas. As telas evitam a entrada dos moquistos;
5- Tome a vacina. A vacina é contraindicada para crianças menores de 6 meses, idosos acima dos 60, gestantes, mulheres que amamentam, pacientes em tratamento de câncer, pessoas imunodeprimidas e alérgicas ao ovo.

Transmissão 

A transmissão acontece quando uma pessoa que nunca tenha contraído a febre amarela ou tomado a vacina contra essa doença é picada por um mosquito infectado. Ao contrair a doença, a pessoa pode se tornar fonte de infecção para o Aedes aegypti (mosquito transmissor) no meio urbano, que pode também infectar os animais. Os macacos podem desenvolver outro tipo da doença, a febre amarela silvestre que mesmo sem apresentar sintomas nesses animais, pode infectar outro tipo de mosquito também transmissor. Uma pessoa não transmite a doença diretamente para outra.

O que fazer se apresentar algum sintoma de Febre Amarela?

Caso apresente algum sintoma da doença, consulte um médico clínico geral para que ele possa fazer o diagnóstico e iniciar o tratamento.

Atenção: Desde 1942, não há registro de transmissão urbana de febre amarela no Brasil. Por isso evite regiões de mata silvestre.

Posted in clínica geral by Clinicafares | Tags:
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE