Ginecomastia atinge cerca de 40% dos homens

Ginecomastia atinge cerca de 40% dos homens

20 de novembro de 2017

Ginecomastia é o desenvolvimento anormal de mamas em homens (do grego gyne = feminino, mastia = mamas, ou seja mamas femininas). No mundo, cerca de 40% dos homens apresentam esta condição clínica.

Aparece inicialmente com um nódulo endurecido abaixo da aréola de pequeno tamanho (de 0,5 cm a 2 cm) e com crescimento gradual.

Nesta fase, a dor costuma incomodar bastante, causando muito desconforto ao simples toque ou até mesmo ao se vestir com uma camiseta.

Este aumento do volume mamário pode ser de componente glandular (glândula mamária), adiposo (gordura) ou uma combinação destes dois fatores.

Quando há apenas o componente adiposo é chamada de lipomastia ou pseudoginecomastia.

A ginecomastia pode aparecer, principalmente, em três fases da vida: infância (quando os hormônios femininos da placenta materna ainda circulam pelo corpo do indivíduo), adolescência (quando há uma grande modificação hormonal na puberdade) e após os 55 anos (quando as taxas de hormônios masculinos estão em declínio).

No entanto, é causada, basicamente, por um desequilíbrio hormonal no organismo masculino.

Suas origens podem ser divididas em fisiológicas (ou seja, alterações do próprio organismo), patológicas (tumores em órgãos que produzem hormônios, uso de substâncias medicamentosas ou ilícitas, hormônios ou anabolizantes, tabaco etc) ou idiopáticas (desconhecidas).

Seu tratamento é realizado através da lipoaspiração, quando há apenas o aumento da gordura mamária; cirurgia de remoção da glândula, quando há aumento desta ou de forma combinada, para os graus mais avançados.

O procedimento é realizado em centro cirúrgico capacitado e habilitado para este tipo de cirurgia, sempre após de um diagnóstico preciso, exames laboratoriais sem alterações e após o paciente ter conhecimento de todo o processo.

Desta forma, a equipe médica poderá buscar o êxito no tratamento e o paciente terá sua autoestima e qualidade de vida visivelmente melhoradas.

Lembre-se que sua saúde está em jogo. O resultado do procedimento, bom ou ruim, lhe acompanhará pelo resto da vida. Procure um cirurgião devidamente qualificado e exija que sua cirurgia seja realizada em acomodações seguras. No final das contas, o barato pode sair caro.

 

Dr. Fábio Nogueira
Cirurgião Plástico
CRM: 139152

Posted in cirurgia Plástica by Clinicafares | Tags: , ,
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE