Dispneia - você tem a sensação de falta de ar?

Dispneia – você tem sensação de falta de ar?

1 12 de janeiro de 2018

Definições

Dispneia é o termo usado para sensações respiratórias desconfortáveis. A literatura médica tem diversas definições, dentre elas, considera-se a percepção subjetiva de desconforto respiratório, qualitativamente distinto e que varia em intensidade.

Pessoas sadias podem apresentar dispneia ao realizar grandes esforços, porém quando este achado clínico surge em meio a um esforço físico desproporcional à queixa, obrigatoriamente se inicia a investigação da causa.

Pelo fato de ser uma queixa subjetiva, o paciente pode apresentar sensação de aperto no peito, sufocamento, falta de ar, incapacidade de encher o pulmão, dentre outras formas referidas.

Sendo um sintoma relativamente comum, acomete milhões de pessoas com doenças pulmonares e cardiovasculares.

Pode ser, por exemplo, a manifestação inicial de um infarto, tromboembolismo pulmonar, doença pulmonar obstrutiva crônica ou doenças intersticiais pulmonares.

A proporção de pacientes que procuram o médico com esta queixa aumenta com a idade, sendo o pico de incidência entre os 55 e 69 anos de idade.

Durante a consulta

Informar ao médico sinais indiretos de classificação da dispneia.

Por exemplo:

Grau 0 – Dispneia em esforços extremos como correr ou subir escadas íngremes.

Grau 1 – Dispneia ao andar depressa ou subir subidas leves.

Grau 2 – Dispneia ao caminhar normalmente.

Grau 3 – Dispneia ao caminhar menos de 100 metros.

Grau 4 – Dispneia para atividades habituais, como tomar banho ou trocar de roupa.

Principais causas

Didaticamente, dividimos as causas de dispneia entre os diversos sistemas.

Como causas pulmonares, podemos citar a asma, a doença pulmonar obstrutiva crônica, pneumonia, tromboembolismo pulmonar, doença intersticial pulmonar, pneumotórax, derrame pleural, tumores, bronquiectasias e alterações da parede torácica.

Já as causas cardiovasculares podem compreender a insuficiência cardíaca congestiva, doença arterial coronária, arritmias cardíacas, doenças do pericárdio ou das valvas.

O descondicionamento físico, mesmo em condições cardiovasculares normais, também pode cursar com dispneia, principalmente quando associado à obesidade.

As causas psicogênicas de dispneia incluem crise de ansiedade, transtorno do pânico e transtorno pós-traumático. A maioria desses casos apresenta hiperventilação associada.

Causas associadas às doenças neuromusculares também podem estar associadas à diminuição do drive respiratório e diminuição da força muscular, cursando com dispneia.

Existem outras causas diversas que podem acarretar em sintomatologia, dentre elas, a anemia, hipertireoidismo, obstrução de via aérea (casos emergenciais que podem ocorrer por aspiração de corpo estranho, epiglotite, angioedema e laringotraqueobronquite). Uremia e acidose podem associar-se à hiperventilação compensatória, assim como cirrose hepática e gestação que cursam com aumento de progesterona, alterando a funcionalidade respiratória.

A abordagem inicial inclui, além do questionário e exame físico minucioso, exames complementares. Estes exames podem incluir uma avaliação radiológica detalhada, prova de função pulmonar, triagem cardiológica além de exames laboratoriais, ficando a cargo da principal hipótese diagnóstica formulada durante a consulta.

O tratamento é baseado no diagnóstico. Portanto, uma simples queixa de dispneia pode desencadear uma série de medidas investigativas e de tratamento extremamente variáveis.

Não ignore este sinal de alerta do seu organismo. Uma abordagem inicial e multidisciplinar precoce pode fazer total diferença, fazendo com que cada paciente seja encaminhado, posteriormente, ao especialista competente para tratamento direcionado.

Procure seu médico para maiores esclarecimentos!

Dr. Thiago D’Alvia

Título de especialista em Clínica Médica pela Sociedade Brasileira de Clínica Médica

Membro associado da Sociedade Brasileira de Clínica Médica

Membro associado da Associação Brasileira de Medicina de Urgência e Emergência

Membro do Corpo Clínico da Clínica Fares

CRM 151446

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE