cardiologia - Clinica Fares

Importância de conciliar o sono com a tecnologia

16 de maio de 2018

No alvorecer do século XXI vivenciamos a Era da Inteligência Artificial o que representa o marco da quarta Revolução Industrial. Entretanto,  apesar dos incríveis saltos em tecnologia e nanotecnologia os seres humanos não podem “saltar” as preciosas horas de sono, pois isto impactará em  sobrecargas física e mental. É de conhecimento geral que os distúrbios do sono são cada vez mais prevalentes. O lançamento de “smartphones ” cada vez mais funcionais implicam em ganho de tempo considerável, porém podem trazer danos à saúde de todos e sobretudo das novas gerações. A elevada conectividade de hoje é um produto do movimento de globalização que impulsiona a humanidade desde o século XX. Contudo,  muitos têm dificuldade de desligar seus aparelhos de telefonia móvel inclusive em ambientes trabalho de lazer e doméstico. Na busca por uma melhor  qualidade de vida, os antigos rituais de sono deverão ser incorporados e passar a substituir o uso do telefone para visualizações de mensagens de Facebook, Whatsapp e  Twitter  no fim de noite. Destaque para refeições distantes do ato de dormir,  evitar atividades físicas noturnas,  tomar um banho relaxante,  realizar a leitura de um bom livro , não assistir televisão no quarto, manter uma boa temperatura ambiente e procurar escurecer o recinto ao máximo com o desligamento de luzes do painel de consoles

Posted in cardiologia by Clinicafares
26 de abril de 2018

Hipertensão, popularmente conhecida como “pressão alta”, não escolhe idade para surgir, podendo acometer crianças, jovens e adultos. Segundo uma pesquisa da Vigitel 2015, um em cada quatro brasileiros são atingidos pela doença que se torna cada dia mais comum. A hipertensão é caracterizada por elevação da pressão arterial (maior ou igual a 14 por 9 – 140 X 90 mmHg), que nada mais é que o estreitamento das artérias devido o aumento de sua resistência, fazendo com que o coração precise bombear sangue com mais força podendo gerar uma sobrecarga no órgão, fazendo com que ele aumente de tamanho. Os principais fatores que contribuem para o aparecimento dessa doença estão ligados ao sedentarismo, consumo excessivo de sal, bebida alcoólica, tabagismo, estresse, alteração do sono e obesidade. A hipertensão atinge o cérebro, rins, vasos e coração: -No cérebro: pode ocasionar  AVC ou “derrame cerebral”. -No coração: quando ocorre a obstrução (“entupimento”) de um vaso pode ocorrer o infarto. -No rim: pode ocasionar alteração na filtração, produção da urina e até mesmo alteração hormon

23 de março de 2018

É quando o indivíduo tem uma morte repentina, sem nenhum “aviso” prévio, violência ou trauma. Existem diversas razões para morrer subitamente, normalmente, a causa tem relação com doenças do coração. No entanto, problemas pulmonares, cerebrais e vasculares também podem estar relacionados. Pode acontecer em qualquer idade, inclusive bebês e atletas, mas na maioria das vezes, atinge os mais velhos, que apresentam problemas cardíacos. Por isso, é importante o acompanhamento médico com análise do histórico familiar e clínico do paciente que tem doenças cardíacas. Algumas mortes súbitas são desencadeadas por alguma doença, podendo ser:

  • Infarto fulminante
  • Arritmias malignas
  • Embolia pulmonar
  • AVC (Acidente Vascular Cerebral)

Boa parte dos casos não apresentam sintomas, mas a morte súbita acontece quando o indivíduo está aparentemente saudável 24 horas antes do falecimento.

Alguns sinais da morte súbita

  • Tudo é muito rápido
  • Dores no peito
  • Dificuldade para respirar
  • Perda de força muscular
  • Náuseas

Posted in cardiologia, clínica geral by Clinicafares | Tags: , , , , ,
23 de fevereiro de 2018

A cardiologia pediátrica é fundamental na pesquisa de cardiopatias congênitas e seu acompanhamento. Contudo, tenho notado a demanda crescente por outros âmbitos dessa especialidade. A avaliação para aptidão física, realização de atividades e até mesmo recreativas, tem sido muito valorizada, uma vez que, o aumento de relatos de mortes, aparentemente, sem causas, em pátios escolares, escolas de natação e futebol, tem sido frequente. Queixas de cansaço, dispneia, dor torácica, pré-síncope, por vezes, não valorizadas durante a realização de atividades corriqueiras das crianças, revelam em investigações cardiológicas sua origem em más formações valvares, arteriovenosas, arritmias, dentre outras causas. Saliento ainda, a comorbidade destacada pela Sociedade Brasileira de Pediatria, como destaque das doenças emergentes no século XXI: a obesidade. A modernidade contemporânea, o estilo de vida da “nova infância” fez com que a obesidade, hipercolesterolêmica e hipertensão se ratificassem como mazelas também da faixa etária pediátrica, antes atribuída apenas aos adultos. As crianças, principalmente,

14 de dezembro de 2017

São produtos destinados a suprir carências nutricionais do organismo,com características idênticas aos alimentos. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) caracteriza suplementos vitamínicos ou minerais como alimentos que ajudam para complementar a dieta diária de uma pessoa saudável. Precisam conter no mínimo 25% e no máximo 100% da Ingestão Diária Recomendada (IDR). Os principais sinais da falta de vitaminas e minerais são, sonolência, baixa produtividade, queda de cabelo e unhas fracas, alterações no ciclo menstrual, manchas roxas na pele, dentre outros. Suplementos alimentares muitas vezes são confundidos com anabolizantes. Mas, enquanto os primeiros são indicados para pessoas saudáveis, com alguma carência de nutrientes, os esteroides são medicamentos que devem ser usados apenas com receita, em casos muito específicos. Como esses hormônios interferem na formação muscular, os anabolizantes são empregados indevidamente por quem quer ganhar massa. Já os suplementos alimentares podem ser consumidos para prevenir e tratar doenças (no fígado e nos rins, por exemplo) e suprir a falta de apetite, restrições na dieta ou alimentação inadequada decorrente de estresse, correria ou maus hábitos. Os suplementos tomados sem orientação médica ou de um nutricionista podem p

Posted in cardiologia, nutrição by Clinicafares | Tags: , , ,
13 de novembro de 2017

O diabetes, ou diabetes mellitus, é uma doença crônica em que o corpo não consegue produzir ou não consegue usar de forma correta a insulina que produz. A insulina é produzida pelo pâncreas e dentre varias funções uma das principais é a de regular a quantidade de glicose no sangue. Quem tem diabetes, o organismo não consegue usar a glicose corretamente; seu nível fica alto (hiperglicemia) e se continuar desregulada por um período longo, causa prejuízo em diversos órgãos e sistemas. De acordo com a Sociedade Brasileira de Diabetes, atualmente, no Brasil existem mais de 13 milhões de pessoas vivendo com diabetes – representando 6,9% da população. Este número cresce gradativamente e em algumas situações o diagnóstico demora a ser feito, desencadeando assim o surgimento de mais complicações.

Tipos de diabetes

Diabetes tipo 1 – quando o pâncreas não produz insulina ou produz em quantidade insuficiente. Chamados insulinodependente (precisa de aplicação diária de insulina). Geralmente acomete pessoas já na infância e adolescência. Diabetes tipo 2 – o organismo produz insulina, mas ela não consegue atuar, pois as células são resistentes a sua ação. Geralmente atinge pessoas mais velhas, acima dos 40 anos e está bem associada com a obesidade.

Fatores de r

Posted in cardiologia by Clinicafares | Tags: , , ,

18 de outubro de 2017

A cardiologia preventiva é versátil e muito dinâmica. Sobretudo, atualmente, podemos usufruir dos recursos que a tecnologia na palma da mão nos oferece via smartphone. Por exemplo, existem aplicativos que permitem calcular a distância percorrida em metros, a contagem do número de passos, dentre outras possibilidades. Neste sentido, podemos estabelecer uma meta semanal de 150 minutos com uma caminhada diária de 30 minutos, cinco vezes por semana. Com hábitos de uma vida de maior longevidade aliado aos banhos de sol, poderemos contribuir para a construção de músculos da coluna e das pernas mais fortes. Além disso, as práticas diárias de pequenos exercícios de alongamento mantem a flexibilidade de nossos joelhos. Aprender a fazer boas escolhas na vida de um modo geral é essencial. Contudo, podemos optar entre subir os degraus de uma escada, ser carregados pelo elevador ou escadas rolantes. Musicoterapia, risoterapia e a prática assídua da meditação aliviam o estresse diário. Na segunda década da era digital vamos recordar que a primeira conexão deve ser com o nosso interior “conhece-te a ti mesmo” dizia Sócrates. Procure um médico cardiologista e tire suas dúvidas!

29 de setembro de 2017

Hoje, as doenças cardiovasculares são as principais causas de mortalidade em nosso país. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), quase 17,5 milhões de pessoas morrem, no mundo, todos os anos vítimas de doenças cardiovasculares. Dentre as doenças que mais matam estão inclusas o infarto e o AVC (acidente vascular cerebral). Apesar de serem perigosas, essas doenças, podem ser extremamente preveníveis. Isto se haver um cuidado adequado com o coração. Para evitar as doenças cardiovasculares temos que ter uma vida saudável, que inclui os cinco passos: 1- Dizer não ao sedentarismo: O ideal é praticar atividades físicas regularmente, de três a cinco vezes por semana; podendo começar gradativamente, estabelecer metas realistas e escolher um exercício prazeroso; 2- Controlar os fatores de riscos de doenças cardiovasculares: controlar muito bem a hipertensão arterial; que é considerada normal quando mede“12 por 8”; 3- Ter cuidado absurdo para não ter diabetes. Os que já têm diabetes devem tratar de forma adequada com uma alimentação equilibrada, sem excesso de açúcar e carboidrato; 4- Controlar o colesterol total, já que ele é subdividido em LDL (colesterol ruim) e HDL (colesterol bom), que é um tipo

Posted in cardiologia by Clinicafares | Tags: , ,
21 de setembro de 2017

O colesterol é um tipo de gordura encontrada em nosso organismo necessária para a formação das membranas celulares, produção de alguns hormônios, vitamina D e ácidos biliares, porém, o seu excesso é fator de risco ao organismo pelo possível desenvolvimento de aterosclerose. Grande parte do colesterol (70%) é produzido pelo fígado e somente 30% provém da dieta, principalmente de alimentos com gordura de origem animal. O colesterol total é subdividido em LDL (colesterol ruim) e HDL (colesterol bom). O LDL em excesso lesa os vasos sanguíneos, predispondo à formação de placas de gordura. O HDL remove o excesso de colesterol do sangue, levando-o para o fígado para ser eliminado. O aumento de Triglicérides (outro tipo de gordura), também é prejudicial e pode levar à pancreatite. O valor ideal de colesterol total é de 200 mg/dL, LDL: 100 mg/dL, HDL acima de 60 mg/dL e Triglicérides 150 mg/dL. Além de causas relacionadas à dieta rica em gorduras, ao sedentarismo, tabagismo, alterações de tiroide, diabete, a elevação das gorduras pode ter causa genética. Caso as mudanças de dieta e hábitos não surtam o efeito desejado, podem ser introduzidas medicações como as estatinas e fibratos. Atenção especial deve ser dada às crianças, pois os distúrbios do colesterol surgem na infância. E também é importante termos uma alimentação saudável, pouco g

Posted in cardiologia by Clinicafares | Tags: , , , ,
3 de agosto de 2017

Os dentistas e os cardiologistas concordam que existe uma ligação muito forte com a saúde dentária e a saúde do coração. Recentemente, mais de 120 estudos médicos mostraram que a presença de bactérias específicas e suas combinações nos espaços entre os dentes e as gengivas pode explicar a aparente relação entre doença periodontal e síndrome coronariana aguda (SCA). O estudo também destacou que a doença das gengivas é, por si só, um fator de risco para a doença arterial coronariana. Dados de um estudo com mais de 50 mil pessoas apontaram que pessoas com menos dentes e mais doenças da gengiva apresentaram maior risco de AVC. Outros estudos indicam ligação direta entre as artérias entupidas nas pernas e a doença das gengivas. Essa ligação pode ser explicada de duas maneiras: a primeira, é que as bactérias presentes na gengiva são capazes de liberar toxinas enviadas diretamente para a corrente sanguínea e contribuem para a formação de placas de gorduras nas artérias.Esse entupimento pode levar o paciente a ter problemas sérios, tais como os coágulos, responsáveis por possíveis bloqueios do fluxo sanguíneo. A segunda é que essas bactérias estimulam o fígado a produzir altos níveis de proteínas ocasionando a inflamação de vasos sanguíneos. Essa inflamação possivelmente pode levar

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE