clínica cirúrgica - Clinica Fares

Você sabe o que é pedra na vesícula biliar?

17 de janeiro de 2018

Conhecida no meio médico como colelitíase, é a presença de pedras, na maioria das vezes de colesterol, no interior da vesícula biliar. Este pequeno órgão que fica junto ao fígado é semelhante a um saquinho e é responsável pelo armazenamento da bile, substância participante da digestão das gorduras. Estima-se que, cerca de 15%, da população brasileira tenha essa doença. Seus principais fatores de risco são obesidade, emagrecimento rápido (associado ou não a cirurgia bariátrica) mulheres com várias gestações, idosos, histórico familiar, colesterol alto e doenças hemolíticas. Os principais sintomas são dores abdominais, náuseas, empachamento após alimentação e má digestão. Uma parcela dos pacientes portadores dessa doença podem ser assintomáticos e só descobrem em vigência de complicações. As principais complicações, podendo ser graves, são elas: inflamação aguda na vesícula, obstrução do fluxo da bile no fígado com infecção e pancreatite aguda. Os pacientes com

24 de agosto de 2017

A trombose hemorroidária é uma complicação aguda que acontece tanto nas hemorroidas externas como nas internas e é caracterizada pela presença de isquemia e trombo nos coxins vasculares submucosos do canal anal (hemorroidas). Geralmente, a trombose hemorroidária é mais frequente durante a prisão de ventre, gravidez ou quando é causada por outras situações que aumentam a pressão abdominal, como, por exemplo, os esforços exagerados na academia. O tratamento pode variar desde medidas clínicas como higiene, banho de assento e medicação, até a cirurgia de acordo com a gravidade e o desconforto que o paciente sente. As hemorroidas são divididas em dois tipos: Internas e externas. No caso das hemorroidas internas, elas são caracterizadas por pequenos sintomas como o sangue nas fezes, no papel higiênico ou na privada. Com o tempo, se não tratada, a pressão ao evacuar faz com que as veias hemorroidais se alargam a ponto de produzir uma saliência ao redor do anus podendo inchar, se tornando então a hemorroida externa.   Identifique os sintomas   Os sintomas mais frequentes da doença são as dores anais agudas (proctalgia aguda) e constantes, tumoração anal com ou sem prolapso mucoso e, as vezes, sangramento (hematoquezia) na roupa íntima ou no papel higiênico. A dor tem maior intensidade nas primeiras 72 horas, podendo regredir ap

Posted in clínica cirúrgica by Clinicafares | Tags:
8 de dezembro de 2016

Você sabia que varizes nas pernas, além de ser um problema estético, é também um problema de saúde?

Quase metade das pessoas na idade adulta tem varizes nas pernas e a sua prevalência aumenta com a idade. Esse problema, pode causar dor, ardor, ou sensação de peso nas pernas, que podem ser mais acentuados no fim do dia. Além de leve inchaço, apenas nos pés e tornozelos e coceira na pele. Existem alguns mitos sobre as varizes, separamos alguns para você entender melhor sobre esse assunto: varizes21) Cruzar as pernas várias vezes por dia causa varizes? Mito. Porém esse hábito pode piorar os sintomas das varizes, caso a pessoa já tenha esse problema.   2) Massagem pode curar varizes? Mito. A massagem realizado por um profissional pode ajudar a melhorar o inchaço e a sensação de desconforto, porém não irá tratar as varizes e muito menos curar. Existe tratamento para varizes, mas apenas o médico especialista pode analisar cada caso e saber qual o melhor tratamento. 3) Pessoas com varizes precisam utilizar meias especiais? Após a realização da cirurgia da varizes, mesmo se tiver sido realizado o procedimento a laser, é imprescind

21 de março de 2016

A Cirurgia refrativa  é uma das cirurgia dos olhos mais conhecidas, o procedimento é bem simples: serve pare remodelar suavemente a superfície da córnea modificacirurgia_refrativando, assim, sua curvatura para corrigir os erros refrativos bem conhecidos como, por exemplo, a miopia, hipermetropia e astigmatismo. Ela dispensa a necessidade de ficar internado e é indicada quando o paciente quer diminuir a dependência do uso de óculos ou lentes de contato.

Quando a cirurgia é bem-indicada, de acordo com o caso do paciente, e realizada com equipamentos de qualidade e por profissionais gabaritados, as chances de complicações durante e pós o procedimento são mínimas.

O pós-operatório é indolor e a recuperação é rápida, serão prescritos colírios e outros medicamentos como anti-inflamatórios, a serem utilizados sob estrita orientação médica.

   

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE