clínica geral - Clinica Fares

Quais cuidados devo ter para evitar a insolação?

24 de setembro de 2018

A primavera chegou e com ela o calor também. As temperaturas nessa época do ano podem chegar ao redor dos 35-40ºC a sombra e por isso devemos tomar alguns cuidados extras.

Mas o que é insolação?

É um mal-estar que acomete pessoas expostas diretamente e por muito tempo a ambientes quentes e secos, na maioria das vezes, provocados pela exposição ao sol. A insolação provoca um distúrbio no mecanismo de comando da temperatura do corpo, causando perda de água e de eletrólitos importantes como sódio e o cloro. Vale lembrar que qualquer pessoa está sujeita, até se estiver exposto numa fila debaixo de sol por muito tempo. A insolação pode causar falta de ar, tontura, febre alta, pele seca, vermelha e quente, pulsação acelerada, vômito, vertigem, dor de cabeça e até desmaio. Seus sintomas mais comuns são a queimadura da pele e desidratação.

Quais cuidados posso ter para evitar a insolação?

  • Beber muito suco natural e água para ajudar na hidratação;
  • Sempre usar protetor solar;
  • Estar atento à pressão arterial e batimentos cardíacos;
  • Manter os lábios hidratados;
  • Procurar por lugares frescos;
  • Se alimentar de forma saudável;
  • Tomar banho morno para diminuir a temperatura do corpo.

Na

Posted in clínica geral by Clinicafares | Tags: , , ,
13 de setembro de 2018

Inchaço e dores no rosto, indicam a doença causada por um vírus chamado Paramyxovírus, situada nas glândulas salivares, a caxumba – também é conhecida como papeira ou parotidite. Geralmente, o vírus da caxumba atinge crianças, mas pode afetar os adultos. Contudo, para evitá-la, existe a vacina contra a doença que é dada aos 12 e 15 meses de vida, inclusive é gratuita em UBS (Unidade Básica de Saúde).

Quanto tempo dura?

A princípio, a caxumba não apresenta sintomas, tanto que o intervalo entre a infecção e o surgimento dos primeiros sintomas, duram em torno de duas ou três semanas. Por ser uma doença que tem começo, meio e fim, sua a evolução e o tempo de duração variam de acordo com cada organismo.

Como acontece a contaminação?

Por ser uma doença viral, a caxumba é bem mais frequente no inverno, pois as pessoas ficam em lugares fechados para se mantiver longe do frio, com menos circulação de ar. Com isso, gera mais chances da transmissão do vírus da caxumba. Inclusive, quando a pessoa está contaminada, ela pode transmitir o vírus para outros por meio da saliva ao falar, espirrar ou

Posted in clínica geral, pediatria by Clinicafares | Tags: , , , ,
12 de setembro de 2018

Acredito que você já deve ter parado para pensar e se perguntar por que temos febre? Por que ela aparece? Como ela aparece? Geralmente, a febre está vinculada a uma resposta do organismo a algum evento desencadeado. Teoricamente, febre é a temperatura axilar acima de 37,8°C ou temperatura retal acima de 38,2°C. Como disse, acima, podemos conceituar a febre, bem como explicá-la, como uma reação orgânica aliado a um agente causador: infecção (que corresponde à grande maioria dos casos) neoplasias ou causas reumatológicas. O agente causador, ativa células de defesa do nosso organismo, como o monócitos e macrófagos que, por sua vez, ativa uma cascata de citocinas, IL-1, IL-6 e FNT – alfa e que, por conseguinte ativação e sinalização termostato hipotalâmico no nosso Sistema Nervoso Central – SNC. Sendo assim, ocorre a vasoconstrição periférica, retenção de calor e aumento da temperatura corporal. É de suma importância ressaltar que existe uma diferença significativa entre febre (sendo este mais comum) e hipertemia. A hipertemia se faz pelo aumento do calor, ou por excesso de calor, por assim dizer, seja do meio interno (endógeno) ou do meio externo (fatores ambientais). Agora, que você já sabe quais são os mecanismos e eventos causadores da febre, deve se pe

Posted in clínica geral by Clinicafares | Tags: , ,
4 de setembro de 2018

A fibrose cística é uma doença hereditária conhecida como mucoviscidose que provoca produção de secreções espessas nos pulmões e trato digestivo, atingindo, principalmente crianças. Acontece que a fibrose cística afeta o desempenho de algumas glândulas do corpo, inclusive as exócrinas. Estas glândulas produzem uma secreção diferente (pegajosa e espessa) que afetam a função glandular. O muco espesso gera acúmulo de bactérias nas vias respiratórias, assim pode causar infecções, inchaço e inflamações. Além disso, a fibrose cística pode também atrapalhar o trato digestivo e pâncreas, impedindo que as enzimas digestivas cheguem ao intestino. Estas enzimas são importantes para o aproveitamento dos nutrientes dos alimentos e essenciais para a saúde. Os sinais da fibrose cística dependem do local do corpo mais afetado: Entre os sintomas mais comuns estão:

  • Chiado no peito
  • Falta de ar
  • Tosse freqüente
  • Pólipos nasais (tecido de dentro do nariz inflamado)
  • Peso abaixo da média
  • Infecções pulmonares (ex. pneumonias e bronquites)
  • Fezes com mau-cheiro, gordurosas e volumosas
  • Prisão de ventre
  • Pele de sabor salgada (sal no suor)

Diagnóstico Na maiori

3 de setembro de 2018

Hoje em dia, a medicina tem como base a prevenção de doenças e recentemente estamos vendo na televisão a importância das vacinas na maioria das doenças que podem ser evitadas, como é o caso da febre amarela e do sarampo.

Gostaria de falar um pouco na prevenção do câncer do colo do útero. Esse tipo de câncer é causado, na maioria das vezes, pelo Papiloma Vírus Humano (HPV) que pode ser detectado pelos meios comumente usados pelo ginecologista.

Na prevenção desse vírus, o grande exame a ser realizado é o velho papanicolau que vai observar a presença de células alteradas no material colhido da vagina e do colo do útero.

O exame citológico pode ser o comumente utilizado ou a citologia em meio líquido que aumenta a sensibilidade e especificidade do exame, já que, o líquido é tratado para remover elementos, como muco e sangue, fazendo uma camada única de células nas lâminas.

27 de abril de 2018

Teve início a Campanha Nacional de Vacinação 2018 contra a Influenza – o vírus da gripe.

A vacinação é destinada prioritariamente aos grupos denominados mais suscetíveis a doenças respiratórias e vai até dia 1º de junho.      

Quem deve tomar a vacina?

  • Crianças a partir de 6 meses
  • Crianças menores de 5 anos
  • Gestantes
  • Professores da rede pública e privada
  • Idosos com mais de 60 anos
  • População indígena
  • Trabalhadores da área da saúde
  • Puérperas (mulheres que deram a luz nos últimos 45 dias)
  • Funcionários do sistema prisional
  • Portadores de doenças crônicas (ex. asma e diabetes)
  • Pessoas imunossuprimidos (ex. pacientes com câncer que fazem quimioterapia)
  • Portadores de trissomias (ex. síndromes de down)

*A contraindicação da vacina é para alérgicos a ovo.

A vacina

A vacina da gripe com distribuição gratuita nas Unidades Básicas de Saúde – UBS é a trivalente que pode proteger contra três tipos de vírus: o Influenza A, nas variações H1N1 e H3N2 e influenza B. Há também a vacina tetravalente

Posted in clínica geral by Clinicafares | Tags: , , , , ,
2 de abril de 2018

Para saber o que está acontecendo em seu organismo e como está a sua saúde, é importante e aconselhável que homens e mulheres realizem sempre um check-up.

O que é?

O check-up consiste em uma bateria de exames ministrada por médicos especializados, s que dão um diagnóstico detalhado acerca do funcionamento das funções do corpo.

Peridiocidade

O aconselhável é manter uma periodicidade anual, porém em alguns casos, esse tempo pode e deve ser menor, como em indivíduos portadores de hipertensão, colesterol alterado, diabetes etc, evitando que algumas destas doenças se tornem graves.

Exames

O check-up é constituído por exame clínico geral e exames complementares como o hemograma, creatinina, glicemia, colesterol total e fração, triglicérides, ácido úrico, urina rotina. Exames de fezes (parasitológico), eletrocardiograma, ergométrico e raios-x do tórax, entre outros. De posse dos resultados o médico tem condições de determinar qual o tipo de conduta para o caso, como por exemplo, o aconselhamento de mudança dos hábitos de vida, uso de medicamentos e/ou outros exames complementares. Através do check-up, pode-se detectar ainda, doenças graves em estágios iniciais, o que permite a cura. Procure um médico de confiança e realize seus exames preventivos.

Posted in clínica cirúrgica, clínica geral by Clinicafares
26 de março de 2018

As hemorroidas são um conjunto de veias normais do ânus. Tem como funções:

  • Drenagem do sangue local
  • Continência fecal
  • Proteção do canal anal

Quando acontece um inchaço, inflamação ou trombose dessas veias é então denominada: doença hemorroidária. Esta doença é muito frequente, cerca de 2/3 da população mundial terão problemas hemorroidários em algum momento da vida. As principais causas da doença hemorroidária são: 1 – Constipação intestinal 2 – Força ao evacuar 3 – Uso de papel higiênico 4 – Pouca ingestão de fibras e água 5 – Gravidez 6 – Diarreia Os principais sintomas são, além do “caroço”e sangramento vermelho vivo nas evacuações, a dor, principalmente nos casos de trombose hemorroidária (formação de um coágulo de sangue dentro da hemorroida). O diagnóstico é clínico através do exame proctológico feito no consultório. Algumas vezes, pode ser necessário exames complementares, como a colonoscopia. O tratamento pode ser clínico e/ou cirúrgico, na dependência do quad

Posted in clínica geral by Clinicafares | Tags: , , , ,
23 de março de 2018

É quando o indivíduo tem uma morte repentina, sem nenhum “aviso” prévio, violência ou trauma. Existem diversas razões para morrer subitamente, normalmente, a causa tem relação com doenças do coração. No entanto, problemas pulmonares, cerebrais e vasculares também podem estar relacionados. Pode acontecer em qualquer idade, inclusive bebês e atletas, mas na maioria das vezes, atinge os mais velhos, que apresentam problemas cardíacos. Por isso, é importante o acompanhamento médico com análise do histórico familiar e clínico do paciente que tem doenças cardíacas. Algumas mortes súbitas são desencadeadas por alguma doença, podendo ser:

  • Infarto fulminante
  • Arritmias malignas
  • Embolia pulmonar
  • AVC (Acidente Vascular Cerebral)

Boa parte dos casos não apresentam sintomas, mas a morte súbita acontece quando o indivíduo está aparentemente saudável 24 horas antes do falecimento.

Alguns sinais da morte súbita

  • Tudo é muito rápido
  • Dores no peito
  • Dificuldade para respirar
  • Perda de força muscular
  • Náuseas

Posted in cardiologia, clínica geral by Clinicafares | Tags: , , , , ,
27 de fevereiro de 2018

As doenças sexualmente transmissíveis (DST) é um dos problemas de saúde pública mais populares no mundo.

É uma doença transmitida, na maioria das vezes, de uma pessoa para outra pessoa ao ter relações sexuais sem proteção com um parceiro já infectado.

As DST podem ser graves e evitáveis, além de aumentarem o risco de contrair HIV (vírus da imunodeficiência humana) que pode gerar AIDS (síndrome da imunodeficiência adquirida).

Nenhum grupo está imune, independente de raça, sexo ou situação financeira.

As doenças podem se manifestar através de bolhas, verrugas, corrimentos e feridas.

No entanto, algumas DST não apresentam sintomas, sendo assim, a procura pelos serviços de saúde após relações sexuais sem preservativos é de extrema importância.

A infecção também pode acontecer por meio de compartilhamento de agulhas, seringas, drogas injetáveis e transfusão de sangue contaminado.

Além disso, bebês podem nascer com a doença, através do c

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE