clínica geral - Clinica Fares

O que é mal alzheimer?

21 de fevereiro de 2018

O mal alzheimer é um dos vários tipos de demência que podem acometer os idosos. Apresenta-se como uma doença progressiva, que acomete, principalmente, a memória e a capacidade de realizar as atividades corriqueiras do dia a dia. Apresenta-se em três estágios: leve, moderado e grave. Para o diagnóstico, além do quadro clínico e a solicitação de exames de sangue para afastar outras causas de demência, é necessária a realização da Ressonância Magnética de crânio. Nesta, encontraremos alterações no hipocampo no caso de Doença de Alzheimer. Não tem cura, porém, quando diagnosticada cedo, a medicação, bem como a estimulação das diversas áreas cognitivas (memória, orientação, atenção, organização e linguagem), ajudam a retardar a progressão da doença. Dra. Fabiana Mendonça Dubinevics Geriatra e Membro do Corpo Clínico da Clínica Fares CRM 108004

Posted in clínica geral, geriatria by Clinicafares | Tags: , , , ,
2 de fevereiro de 2018

O dia mundial contra o câncer está aí e será uma grande oportunidade para focarmos a atenção em nossas atitudes do dia a dia e na das pessoas que amamos.

Afinal, não é todo dia que falamos desse assunto e quebrar o tabu é o primeiro passo!

Primeiramente, pare o que você está fazendo e reflita: O que fizemos hoje para prevenir o câncer? E o que fizemos hoje para desenvolver o câncer? Parece algo simples de fazer, mas que na correria do nosso dia a dia acabamos por deixar de lado pequenas atitudes que fazem grande diferença em nosso futuro.

Dados científicos mostram cada vez mais uma forte evidência de que há associação em nossas escolhas de vida e o desenvolvimento do câncer.

Isto quer dizer, que na maioria dos casos, a doença está relacionada a não aplicar aquilo que sabemos que é o saudável: ter uma atenção especial na dieta, estar no seu peso adequado, não fumar, praticar atividade física regularmente, evitar consumo exagerado de álcool e fazer os exames preventivos indicados por seu médico.

Hoje, a ciência está cada vez mais desenvolvida e ano a ano, medicamentos novos surgem para o

31 de janeiro de 2018

A queixa!

A dor lombar ou lombalgia é uma das queixas mais frequentes da atualidade em consultórios médicos. Pelo menos, 80% das pessoas já tiveram ou serão acometido pela dor durante a vida.

O que é dor lombar?

É uma dor na região da coluna vertebral na sua parte mais baixa (abaixo das costas e próximo a bacia).

Como identificar?

A dor lombar, normalmente, aparece como dor na coluna lombar ou dor que desce para as pernas ou nádegas. Como estão na parte inferior da coluna, são elas que suportam a maior parte do peso do corpo. É por isso que 70% das dores na coluna acontecem na região lombar.

Influência

Alguns trabalhos aumentam o risco de desenvolver dor na coluna (lombar), principalmente os que estão relacionados ao peso, esforço repetitivo, por exemplo, os de linha de produção. O uso de cigarro e o peso excessivo também estão muito relacionados com as dores lombares, assim como a falta de atividade física. É uma doença que tem parte hereditária (se os pais tiveram os filhos também podem ter), estão muito relacionadas ao estresse, ansiedade e depressão. Aproximadamente, 70% dos pacientes com dores crônicas apresentam alguns graus de ansiedade, depressão ou os dois.

Entendendo um pouco mais

A coluna vertebral é a estrutura de ossos (vértebras) que dá

26 de janeiro de 2018

Popularmente chamada de íngua, a linfonodomegalia corresponde ao aumento de gânglios linfáticos. Como regra geral, considera-se um linfonodo aumentado quando este tem seu tamanho maior que 1,0 centímetro. Apesar de ser um achado extremamente comum na prática clínica, existe um grande desafio diagnóstico que consiste em diferenciar de forma eficiente os pacientes com doenças graves daqueles com doenças leves e autolimitadas. De certa forma, algumas informações cedidas ao médico podem ajudar na conclusão diagnóstica e posterior tratamento.

Tempo de duração da linfonodomegalia

Alterações que permanecem por poucos dias ou algumas semanas sugerem doença infecciosa, sendo esta viral ou bacteriana, enquanto períodos maiores podem sugerir infecções mais graves por fungos, tuberculose ou até mesmo câncer.

Idade

Pacientes com linfonodomegalia e idade menor de 40 anos tem um risco menor de ter como causa oculta alguma doença tumoral maligna, porém, não se descarta totalmente tal hipótese.

Sintomas associados

Sempre informe ao seu médico se existem outras queixas associadas que possam ajudar no diagnóstico, como por exemplo, febre, fadiga, perda de peso, dor de garganta, dor de estômago ou suor noturno.

Social

Informar ao médico se houve contato com pessoas que tenham diagnóstico de tuber

19 de janeiro de 2018

Definições para icterícia

Icterícia provém do grego Ikteros, usado no tempo de Hipócrates para definir a coloração amarelada da pele e das mucosas. Representando a deposição de pigmentos biliares na pele, a icterícia é um achado clínico de grande importância médica, pois é a manifestação visível de uma doença, seja ela relacionada ao fígado ou não.

Durante a consulta

A associação do questionário médico ao exame físico e aos exames complementares possibilitam o diagnóstico da doença de base, na maioria dos casos. Alguns dados são de grande importância durante a avaliação inicial.

Por exemplo:

Qual da idade do paciente? Crianças e adolescentes têm uma incidência maior de hepatite A em relação aos idosos. Este último grupo apresenta uma chance maior de doenças tumorais, como câncer hepático e de vesícula biliar. Qual a profissão do paciente? Profissionais da área da saúde são mais susceptíveis ao contato e exposição às infecções virais, como hepatites B, C e HIV. Além disso, profissionais de outras áreas podem ter contato com produtos tóxicos associados à icterícia. Qual a procedência do paciente? Viajou recentemente? O paciente pode proceder, residir ou t

1 12 de janeiro de 2018

Definições

Dispneia é o termo usado para sensações respiratórias desconfortáveis. A literatura médica tem diversas definições, dentre elas, considera-se a percepção subjetiva de desconforto respiratório, qualitativamente distinto e que varia em intensidade. Pessoas sadias podem apresentar dispneia ao realizar grandes esforços, porém quando este achado clínico surge em meio a um esforço físico desproporcional à queixa, obrigatoriamente se inicia a investigação da causa. Pelo fato de ser uma queixa subjetiva, o paciente pode apresentar sensação de aperto no peito, sufocamento, falta de ar, incapacidade de encher o pulmão, dentre outras formas referidas. Sendo um sintoma relativamente comum, acomete milhões de pessoas com doenças pulmonares e cardiovasculares. Pode ser, por exemplo, a manifestação inicial de um infarto, tromboembolismo pulmonar, doença pulmonar obstrutiva crônica ou doenças intersticiais pulmonares. A proporção de pacientes que procuram o médico com esta queixa aumenta com a idade, sendo o pico de incidência entre os 55 e 69 anos de idade.

Durante a consulta

Informar ao médico sinais indiretos de classificação da dispneia. Por exemplo: Grau 0 – Dispneia em esforços extremos como correr ou subir escadas íngremes. Grau 1 –

5 de janeiro de 2018

Definições

O soluço corresponde à contração muscular involuntária e intermitente dos músculos respiratórios intercostais e do diafragma resultando em uma rápida inspiração e terminando com o fechamento abrupto da glote, impedindo o influxo de ar e produzindo um som característico. Fenômeno, usualmente, benigno e transitório, os soluços acometem qualquer indivíduo, sem distinção de etnia, idade ou gênero, e não causam repercussões clínicas importantes. Em contrapartida, nos casos persistentes ou refratários, podem desencadear efeitos adversos significativos, como desnutrição, perda de peso, fadiga, desidratação, insônia e deiscência de feridas. Esse tipo de soluço também pode refletir a presença de doença de base grave.

Durante a consulta

Com base no conhecimento dos diagnósticos diferenciais, a história clínica, associada ao exame físico, poderá definir a investigação da possível causa envolvida no soluço. Alguns questionamentos devem ser feitos e as informações são de suma importância, devendo ser fornecidas ao médico.

Por exemplo:

Há quanto tempo ocorre o soluço? Em casos recorrentes com duração menor de 48 horas, é considerado transitório. O tipo persistente é definido por episódios recorrentes com mais de 48 horas e menos de 1 mês de duraç

Posted in clínica geral by Clinicafares | Tags: , ,
1 8 de dezembro de 2017

O que é o HIV?

HIV é a sigla para vírus da imunodeficiência humana. Este vírus é transmitido através de fluídos corporais afetando células específicas do sistema imunológico, conhecidas como células CD4, ou células T.

O que é AIDS?

Nos casos em que o paciente desconhece sua condição de portador ou deixa de realizar o adequado tratamento, a imunidade tende à diminuir ao ponto de permitir o desenvolvimento de diversas outras doenças, como infecções oportunistas ou alguns tipos de câncer. Portanto, o paciente além de portador do vírus HIV, também poderá receber o diagnóstico de AIDS, que significa síndrome da imunodeficiência adquirida. Logo, um paciente portador de HIV não necessariamente tem AIDS, mas um paciente com diagnóstico de AIDS é portador do vírus HIV.

Como o vírus é transmitido?

Existem diversas formas de transmissão do vírus, sendo a transmissão sexual a mais comum no Brasil. Dentre outras formas, podemos também citar o uso compartilhado de seringas entre os usuários de drogas injetáveis; a transmissão vertical, ou seja, de mãe para filho; transfusão sanguínea; acidente ocupacional, isto é, transmissão causada por acidentes no ambiente de trabalho com objetos pontiagudos, como agulhas.

Quais os meios de prevenção?

Um dos principais meios de prevençã

Posted in clínica geral by Clinicafares | Tags: , , ,
6 de novembro de 2017

A anemia por deficiência de ferro é um dos principais problemas de saúde pública mundial, chegando a afetar mais de um quarto da população do planeta, ou seja, mais de 2 bilhões de pessoas em todo o mundo. Entre as causas podemos citar a baixa ingestão de alimentos com ferro, verminoses intestinais, gestantes, menstruações em grande quantidade e hemorragias. É muito importante dizer que existe a influência de outros alimentos que consumimos todos os dias como a grande quantidade de chá ou café que podem inibir a absorção de ferro, enquanto o consumo de frutas cítricas, com vitamina C favorecem. Devemos estar atentos ao aparecimento de alguns sintomas como palidez, cansaço e fraqueza, dor de cabeça, falta de apetite, irritabilidade, palpitações. Neste caso,o diagnóstico deve ser sempre realizado por um médico para que seja feita uma avaliação clínica e dos hábitos alimentares, associado a exames laboratoriais e radiológicos, já que deve se esclarecer a causa que levou a instalação de uma anemia. O tratamento da anemia deve ser realizado juntamente com o acompanhamento da nutricionista para que seja realizado uma dieta rica em ferro como carnes vermelhas, vísceras (fígado e miúdos), carnes de aves, peixes e hortaliças verde

Posted in clínica geral by Clinicafares | Tags: ,
11 de outubro de 2017

Na população, em geral, o excesso de peso, considerando crianças e adultos, chega a incríveis 53,9% da população brasileira.

Estudos também apontam que 34,6% dos brasileiros comem em excesso carnes com gordura e 29,8% dos brasileiros consomem refrigerantes, pelo menos, cinco vezes por semana; associado a falta de atividade física regular, esses números se agravam progressivamente.

A obesidade é uma doença evitável, mas a preocupação é que está associada ao aparecimento de outras doenças, como:

 

Aumento de 10% do peso, que está associado a um ganho de 6 vezes no risc

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE