geriatria - Clinica Fares

Ajude seus avós a cuidar da saúde

26 de julho de 2018

No Brasil, há, aproximadamente, 30 milhões de pessoas idosas, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A expectativa é que a população brasileira envelheça de forma acelerada e até 2031 o numero de idosos ultrapasse os de crianças de 0 a 14 anos. Contudo, com o aumento da longevidade e das fragilidades mentais e físicas é preciso que a família esteja disposta a contribuir para que esses idosos tenham uma vida saudável e feliz. Agora, você vai acompanhar alguns cuidados essenciais para convivência harmoniosa e gratificante a seus avós ou pais nessa nova fase. Dê amor e carinho Para cuidar dos avós, a forma como irá interagir com eles é a mais importante. Os idosos precisam de carinho e amor, tanto quanto das técnicas de tratamentos que podem precisar. Então sempre aja com cuidado ao conversar e lidar com ele. Ouça suas histórias Todos nos gostamos de falar, mas também devemos ouvir. Ouça a história do idoso, ele deve ter centenas de boas aventuras que viveu ao longo dos anos para te contar. Segurança em casa Boa parte dos idosos passa muito tempo em casa, por isso, necessitam de conforto e segurança, como: tapetes antiderrapantes, manter a casa sempre bem iluminada, organizar a mobília de forma que não atrapalhe a locomoção, instalação de barra de apoio e corrim

Posted in geriatria by Clinicafares | Tags: , ,
21 de fevereiro de 2018

O mal alzheimer é um dos vários tipos de demência que podem acometer os idosos. Apresenta-se como uma doença progressiva, que acomete, principalmente, a memória e a capacidade de realizar as atividades corriqueiras do dia a dia. Apresenta-se em três estágios: leve, moderado e grave. Para o diagnóstico, além do quadro clínico e a solicitação de exames de sangue para afastar outras causas de demência, é necessária a realização da Ressonância Magnética de crânio. Nesta, encontraremos alterações no hipocampo no caso de Doença de Alzheimer. Não tem cura, porém, quando diagnosticada cedo, a medicação, bem como a estimulação das diversas áreas cognitivas (memória, orientação, atenção, organização e linguagem), ajudam a retardar a progressão da doença. Dra. Fabiana Mendonça Dubinevics Geriatra e Membro do Corpo Clínico da Clínica Fares CRM 108004

Posted in clínica geral, geriatria by Clinicafares | Tags: , , , ,
2 de outubro de 2017

Vocês sabiam que a queda no idoso é um sério problema de saúde pública? Pois é, ela está associada a elevados índices de morbimortalidade com redução da capacidade funcional e institucionalização precoce. As causas mais comuns estão relacionadas ao ambiente doméstico, distúrbio de equilíbrio e marcha, osteoporose, alteração postural e redução da visão. A melhor forma de prevenção é estarmos atentos a esses fatores, fazer atividade física e acompanhamento com um médico geriatra. Dicas de cuidados de que se deve com os idosos em casa:

  • Não deixe ele(a) andar sob locais escorregadios ou molhados;
  • Deixe a casa bem iluminada para melhor enxergarem;
  • Tirar obstáculos do chão, como tapetes;
  • Não usar roupas muito longas para evitar que tropecem;
  • Prestar atenção nos movimentos bruscos das crianças e animais;
  • Se preocupar com a distribuição dos móveis na casa;
  • Ter sempre corrimão nas escadas;
  • Controle remoto para TV’s;
  • Colocar fita adesiva antiderrapante e colorida nos degraus;
  • Evitar que carreguem produtos pesados ou grandes.

Posted in geriatria by Clinicafares | Tags: , , , , , , ,
1 de dezembro de 2016

  A queda é um acontecimento bastante frequente em idosos e é considerada um evento importante na fragilização e declínio da saúde. É um grande desafio para o médico identificar de forma precoce idosos com maior chance de quedas, pois as chances de lesões graves se instalarem aumentam com o avanço da idade. Evitar a queda é sempre uma boa prática , sendo um dos indicadores de qualidade dos serviços para idosos. Dados do brasil mostram que em torno de um terço de todos os idosos tem queda ao menos uma vez e 13% caem de forma recorrente, ou seja mais de uma vez. shutterstock_68989549Após a queda propriamente dita, existem medidas curativas que devem ser aplicadas pelo médico assistente, porém a prevenção em todos os casos, tanto naqueles que já caíram como naqueles que nunca passaram por tal risco, torna-se o melhor “remédio”. Portanto devemos intervir nos seguintes fatores de risco para evitar as quedas: 1- Fraqueza muscular de membros inferiores: Programas de fortalecimento muscular, geralmente mais eficazes quando realizados para grupo de idosos e de risco, preferencialmente supervisionado por um fisioterapeuta. 2- Distúrbios do equilíbrio: Treinos de equilíbrio, nes

Posted in geriatria by Clinicafares | Tags: ,
28 de outubro de 2016

Os exercícios para idosos são muito importantes para além evitar doenças comuns, ainda diminuir as chances de quedas, falta de equilíbrio e fraqueza nas pernas. O importante é buscar exercícios que melhorem a parte aeróbica, a flexibilidade, o fortalecimento muscular e o equilíbrio do corpo. Confira os melhores exemplos:

  • Natação: nadar faz bem para esse grupo de pessoas porque queima calorias, trabalha intensamente a parte aeróbica e fortalece os músculos, além de proteger as articulações, ajudando a tratar doenças como artrite e osteoartrite

  • Corrida: correr traz muitos benefícios para o equilíbrio e para a respiração. Os idosos devem gastar no mínimo 30 minutos por dia com a atividade, cinco vezes por semana

  • Yoga e pilates: os benefícios dessas duas modalidades na terceira idade vão desde o alívio das dores provenientes da idade até o aumento da autoestima.

Posted in geriatria by Clinicafares
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE