ginecologia - Clinica Fares

Amamentação, é muito mais que uma alimentação

3 de agosto de 2018

Você pretende amamentar seu bebê? Ou então amamentou seus filhos quando eram bebês? Qual o objetivo da amamentação? Quais são os benefícios para a mãe e para o bebê?

Vamos esclarecer alguns pontos

  • Ocorre fortalecimento do vínculo entre a mãe e o bebê – após o nascimento, a amamentação representa um momento único de intimidade e afeto do binômio mãe-bebê.
  • Até os seis meses de vida toda imunidade do bebê vem pelo leite materno – bebês amamentados exclusivamente desenvolvem menos doenças infecciosas, como gripes, resfriados e diarreia.
  • Há prevenção da hemorragia pós-parto – mulheres que amamentam imediatamente após o parto sangram menos!
  • Há redução do risco de câncer de mama – amamentar é considerado um fator protetor contra o câncer de mama.
  • Ocorre o desenvolvimento da musculatura da face – o esforço de “sugar” promove o fortalecimento dos músculos da boca e da face.⠀

Além de todos esses benefícios, o leite materno contém exatamente o que o bebê precisa até os 6 meses: água, sais minerais, proteínas, gorduras e anticorpos todos na quantidade certa. Os leites indu

Posted in ginecologia by Clinicafares | Tags: , , , , , , , ,
20 de julho de 2018

Até que ponto as cólicas menstruais são normais? ⠀ As cólicas menstruais são dores na parte baixa do abdome e representam as contrações do útero durante o período menstrual. É normal começar a sentir um desconforto nos 2 dias que antecedem a menstruação e aumentar a intensidade da dor com o início do sangramento. ⠀ Algumas mulheres fazem uso de analgésicos simples ou anti espasmódicos (Buscopan, Novalgina, Tylenol, Ponstan®) ou compressas mornas para alívio dos sintomas. Até aqui está tudo bem. Preste atenção caso ocorram alguns dos seguintes sinais. 1 – Cólicas que não aliviam com as medicações citadas – há necessidade de ir ao hospital para uso de remédios venosos; 2-  Cólicas que interferem na sua rotina – faltar ao trabalho ou à escola, deixar de ir a eventos sociais ou sair de casa quando está menstruando; ⠀ 3-  Dor para evacuar ou diarreia durante a menstruação; ⠀ 4-  Sensação de desmaio, náuseas ou vômitos associados à dor da cólica menstrual. ⠀ Fique atenta! Casos apresente algum dos sinais de alerta procure um Médico Ginecologista e passe por avaliação – Pode haver algo de errado com seu organismo. Não há razões para

8 de junho de 2018

Você sabe o que é o Implanon? Quais são seus benefícios e seu tempo de duração? Já considerou trocar seu método contraceptivo? Então vamos lá: O Implanon é um bastão de plástico de 4 cm de comprimento e 2 mm de espessura que libera continuamente um hormônio (Etonogestrel) agindo como anticoncepcional. Ele tem duração de 3 anos e possui a MELHOR EFICÁCIA contra gravidez quando comparado a todos os outros métodos, incluindo a Laquedura Tubarea. Como ele age? Após inserido sob a pele do braço, ele evita a ovulação e espessa o muco do colo do útero, impedindo a gestação. ⠀ Por que ele é tão seguro? Como a inserção é sob a pele, é raríssimo expulsa-lo (menos de 1%). Além disso, a liberação do hormônio é contínua – o que evita oscilações hormonais. ⠀ Para quem o Implanon

Posted in ginecologia by Clinicafares | Tags: , , ,
4 de junho de 2018

Climatério é um distúrbio que acontece na mulher devido a uma alteração dos hormônios femininos, é comum a todas as mulheres e que pode causar o aparecimento de alguns sintomas, como, por exemplo:

  • Calor no corpo
  • Quentura no rosto
  • Alterações na pele
  • Alterações nos ossos caracterizada pela osteoporose

Na osteoporose, ocorre a perda quantitativa da densidade dos ossos aumentando assim o risco de fraturas, principalmente, da coluna, colo do fêmur e braço.

No período do climatério a mulher poderá ser submetida ou não ao tratamento de reposição hormonal visando a diminuição ou mesmo o desaparecimento desses sinto

Posted in ginecologia by Clinicafares | Tags: , , ,
1 de junho de 2018

O que você considera fundamental para sua higiene íntima? Já pensou em mudar alguns hábitos e melhorar sua saúde? ⠀ A vulva e a vagina são órgãos expostos a diversas agressões, portanto, devemos cuidar com delicadeza. Veja algumas dicas de como fazer isso: ⠀ 1- A vulva (região externa do genital feminino) deve ser higienizada com sabonetes adequados, afinal seu pH não é o mesmo da pele. Após o banho habitue-se a hidrata-la com óleos corporais ou hidratantes neutros. ⠀ 2- A vagina é o órgão interno (canal que permite o intercurso sexual) formado por uma mucosa produtora de fluídos. Portanto, a vagina não é seca e ao longo do dia produz uma secreção translúcida e sem cheiro. Este conteúdo não pode ter cheiro ruim ou provocar ardência ou coceira – ele varia ao longo do mês devido à estimulação hormonal, aumenta discretamente de quantidade e consistência. ⠀ 3- Não é indicado utilizar sabonetes em barra para higiene da vulva – opte por sabonetes íntimos ou líquidos. ⠀ 4- Não há necessidade de higienizar a vagina – a realização de duchas vaginais retira toda proteção natural da mucosa propiciando o desenvolvimento de corrimentos patológicos. ⠀ 5- O uso de protetores diários não é contraindicado. 6- Habitue-se a dormir sem roupa íntima – é saudável manter a r

Posted in ginecologia by Clinicafares | Tags: , , , ,
29 de maio de 2018
A detecção precoce é a forma mais eficiente de diagnosticar o câncer de mama.
Inclusive, quando é diagnosticado em fases iniciais, na maioria dos casos, há chances de tratamento e cura. Um dos principais métodos para sua prevenção é a mamografia – exame de imagens das mamas por meio de raio-x. O exame da mamografia é feito na região das mamas e permite encontrar nódulos, microcalcificações, assimetrias mamárias entre outras lesões ou alterações que não são palpáveis ou visíveis.

Recomendações

A recomendação é que o rastreamento seja realizado com periodicidade, obrigatoriamente, a partir dos 40 anos, sendo repetidos anualmente. Porém, mulheres com alto risco de desenvolver a patologia ou tenha um ou mais parentes de primeiro grau com diagnóstico de câncer de mama, é preciso realizar o exame antes dos 40. Apesar de ser raro, existe a possibilidade de câncer mamário masculino; portanto também é importante que façam o autoexame.

Contraindicação

A

Posted in ginecologia, mastologia by Clinicafares | Tags: , , , ,
30 de abril de 2018
Em dias de sol e feriado, diversas brasileiras costumam visitar praias e frequentar piscinas, porém não se atentam aos cuidados com a higiene íntima.
Isto porque o calor e o aumento da umidade são facilitadores para a proliferação de agentes microscópicos, como bactérias e fungos, que causam odores e corrimentos.
Agora, você vai conhecer cinco cuidados, essenciais para manter a saúde íntima:
1-   Biquíni molhado – Uma atitude perigosa que pode causar problemas de saúde é ficar com o mesmo biquíni molhado por muito tempo. O ideal é lavar com água corrente e sabão neutro para eliminar os vestígios químicos da água da piscina ou sal do mar, já que é uma peça que está em contato direto com a região da vagina.
 2-   Tempo – o certo é não utilizar o biquíni/ maiô molhado por longos períodos. E nunca reutilizar sem antes lavar e secar bem.
 3-   Areia – Remova toda a areia da praia que ficou presa na roupa de banho/biquíni, porque ela pode irritar a vulva (um dos órgãos genitais externos do aparelho genital feminino), lave e seque bem.
 4-   Banho – Depois do dia de “praia” qua

Posted in ginecologia by Clinicafares | Tags: , , , , ,
13 de abril de 2018

O hiperandrogenismo é caracterizado por sinais e sintomas que resultam de um nível elevado de androgénos (hormônios masculinos) no sangue. Seus sintomas mais comuns são: aumento excessivo de pelos faciais e corpóreos (hirsutismo), acne ou queda capilar do tipo masculina (alopecia androgênica), podendo causar também disfunção ovulatória com infertilidade durante a vida reprodutiva. Entre as causas principais estão a síndrome dos ovários policísticos, hiperplasia adrenal congênita ou algum tumor adrenal, câncer de ovário, adenoma de hipófise, além de medicamentos esteroides. Por isso, verifique sempre os níveis de hormônios androgênicos presentes em seu corpo, pois em alguns casos de hiperandrogenismo não há alterações no exame físico. Procure por seu ginecologista e tire suas dúvidas! Dra. Ludmila Bercaire Ginecologia, Obstetrícia Reprodução Humana e Membro do Corpo Clínico da Clínica Fares CRM 145773  

12 de março de 2018

O casal que está tentando ter filhos, mas não está conseguindo, deve procurar um médico para detectar o problema e buscar a solução. Porque infertilidade é um diagnóstico dado ao casal, ou seja, o médico nunca irá dizer que é o homem ou a mulher que é infértil. Quando o casal vai tratar a infertilidade, deve estar disposto a realizar os exames e o tratamento, não somente a esposa.

Mas quando podemos dizer que o problema é infertilidade?

O casal deve ter relações sexuais de forma regular, ou seja, com frequência de pelo menos 1 a 2 vezes por semana, sem nenhum método anticoncepcional, por um ano. Quando se diz “nenhum método anticoncepcional”, não é apenas uso de pílula anticoncepcional. O casal também não pode estar usando preservativo, não pode estar realizando o coito interrompido, não estar usando qualquer atividade que possa dificultar a gravidez acontecer. Se não houver gravidez neste período, deve ser feito uma Pesquisa Básica, assim saberá qual tratamento realizar, para conseguir alcançar a gravidez. E o médico indicado para dar início a essa pesquisa, geralmente, é o ginecologista, mas infelizmente nem todos ginecolog

7 de março de 2018

A endometriose é uma doença caracterizada pela presença do endométrio (camada interna do útero) em outras partes do organismo, além do útero, podendo causar sintomas, como infertilidade e dor pélvica. Este tecido do endométrio, mesmo fora útero, continua sendo estimulado mensalmente pela ação dos hormônios do ciclo menstrual, provocando uma reação inflamatória e causando dor quando a mulher menstrua. A infertilidade, quando associada a endometriose, acontece por diversas razões: acometimento da anatomia e função da motilidade das trompas, além de alterações hormonais e imunológicas que dificultam a implantação embrionária e a gestação. A presença de endometriomas nos ovários também pode dificultar a ovulação. Mesmo com todas essas alterações, a doença não inviabiliza a gestação, porém diminui suas chances. Muitas vezes é necessário um tratamento de reprodução assistida para obter a gravidez. A endometriose costuma melhorar durante a gravidez, mas a mulher precisa de um tratamento hormonal pós-gestacional para controle da doença. Procure seu ginecologista e se informe melhor!

Posted in ginecologia by Clinicafares | Tags: , ,
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE