oftalmologia - Clinica Fares

Como cuidar da conjuntivite alérgica

5 de julho de 2018
Irritação nos olhos quando está em contato com poeira, mofo, produtos de maquiagem, flores, pelos de animais, fumaça, pode ser sinal de uma inflamação nos olhos chamada conjuntivite alérgica.
Este tipo de conjuntivite surge quando o olho entra em contato com alguma substância que o deixa irritado.
Normalmente, seus sintomas mais aparentes são inchaços, coceiras nos olhos, coriza nasal e espirros.
A inflamação aparece nos dois olhos de uma vez, eles apresentam os sintomas ao mesmo tempo. Além disso, não é contagiosa, portanto não é preciso separar os objetos de uso das demais pessoas.

Como cuidar da conjuntivite alérgica

Primeiramente o recomendado é procurar por um oftalmologista. O especialista em olhos poderá orientar o melhor tratamento. Contudo, é recomendado que mantenha os olhos limpos e secos; lavá-los com água e fazer compressas com soro fisiológico.
Existem outros tipos de conjuntivite mais comuns: o viral e a bacteriana. Têm alguns sintomas bem parecidos, como a
Posted in oftalmologia by Clinicafares | Tags: , , , ,
28 de maio de 2018

O glaucoma é uma das principais causas da perda progressiva da visão no Brasil e no mundo, são mais de 60 milhões de pessoas afetadas de acordo estimativas da Organização Mundial de Saúde (OMS) e World Glaucoma Association.

Como o glaucoma se desenvolve?

A doença é uma alteração do nervo óptico que causa dano irreversível as fibras nervosas e, com o tempo, se não tratada, leva à cegueira. Este problema pode estar relacionado a aumento da pressão ocular ou alguma alteração do fluxo de sangue para o nervo óptico (parte do olho que leva a informação visual até o cérebro). O glaucoma, também conhecido popularmente como pressão nos olhos pode acontecer quando há desequilíbrio entre a produção de líquido ocular e a sua drenagem levando ao aumento da pressão pelo acúmulo deste líquido. Entretanto, vale ressaltar que o glaucoma também pode existir com a pressão normal e uma análise de outros parâmetros se torna necessária no diagnóstico.

Tipos de glaucoma

Há alguns tipos da doença, no entanto, os mais comuns são:

Glaucoma primário de ângulo aberto ou glaucoma crônico

É o tipo mais comum do glaucoma, representando, aproximadamente 90% dos casos. Geralmente, é assintomático e quando chega a estágios mais avançados apresenta perda gradativa da vi

Posted in oftalmologia by Clinicafares | Tags: , , ,
21 de maio de 2018

O Exame de Fundo de Olho, (realizado através do Mapeamento de Retina) tem por objetivo o estudo: dos Vasos Sanguíneos (artérias e veias) que nutrem nossos olhos; da Retina, camada de fibras nervosas que recebe os estímulos luminosos, através dos quais enxergamos e do Nervo Óptico, que transmite estes estímulos ao nosso Cérebro.

Em doenças como Diabetes e Hipertensão Arterial, estas estruturas podem apresentar alterações que, se não forem diagnosticadas e tratadas a tempo, podem levar à perda da visão de forma definitiva.

Tanto numa, quanto noutra doença, os Vasos Sanguíneos começam a sofrer alterações e o sangue tende a extravasar, levando a pequenas Hemorragias. Isto ocorre porque, se de um lado o Diabetes provoca fragilidade nos vasos, por outro lado na Hipertensão Arterial, a pressão dentro destes vasos está aumentada; assim sendo quan

Posted in oftalmologia by Clinicafares | Tags: , ,
7 de maio de 2018

Não existe dia ou hora certa para procurar um especialista dos olhos, pois a prevenção é a melhor maneira de evitar doenças oculares ou problemas inesperados no futuro. É importante que essa prevenção aconteça todos os anos, inclusive há alguns sintomas que indicam a necessidade dessa visita ao oftalmologista, como dor de cabeça aos esforços visuais, presença de desvios oculares, dificuldade no aprendizado, coceira nos olhos e lacrimejamento. Além disso, para cada fase da vida essa ida ao especialista, tem sua relevância. Para os recém- nascidos é preciso realizar o teste do olhinho que pode ser feito com um pediatra; mas em caso de dúvidas desse profissional é necessária a avaliação do oftalmologista. No caso dos bebês prematuros ou com baixo peso ao nascer, é obrigatório o acompanhamento com um oftalmologista a partir de quatro semanas após o nascimento para avaliação de retinopatia da prematuridade. Outra idade que a avaliação também é essencial é aos dois anos e por volta dos cinco anos ao entrar na escola. Toda criança precisa de pelo menos uma avaliação oftalmológica até os sete anos. Com os jovens, adultos e idosos idas uma vez

Posted in oftalmologia by Clinicafares | Tags: , ,
20 de abril de 2018

A conjuntivite é uma inflamação na membrana transparente que cobre o globo ocular (conjuntiva) e a parte interna da pálpebra. Dentre os tipos que a doença pode surgir, existe a conjuntivite bacteriana. O que a difere dos outros tipos, é que ela deixa o indivíduo com os olhos muito inchados. Seu inchaço e sua secreção são mais intensos e amarelados, com a sensação de “olhos grudados”. A conjuntivite bacteriana pode durar em torno de três semanas. Se durar mais que isso é considerada crônica.

Transmissão da conjuntivite bacteriana

Seu contágio acontece através do contato com secreção de algum indivíduo contaminado e compartilhamento de objetos com o mesmo. Deste modo, alguns cuidados são importantes para evitar a contaminação, como, por exemplo: • A princípio deve-se evitar tocar o olho infectado depois o outro; • Não compartilhar roupas de cama ou toalhas; • Higienizar o olho infectado regularmente, mas com produtos descartáveis. • Lavar bem as mãos frequentemente.

Tem tratamento?

Embora, quando apresentar sintomas da inflamação o paciente tenha que procurar um médico oftalmologista, o tratamento, normalmente, é realizado com pomadas antibiótico e colírios. Além da co

23 de janeiro de 2018

As conjuntivites são inflamações na membrana que reveste a parte interna da parte branca dos olhos e das pálpebras.

A conjuntivite viral é a mais contagiosa e acontece com mais frequência no verão.

Suas principais características é a sensação de areia nos olhos e lacrimejamento, além de bastante secreção e coceira. A sensibilidade a luz também é um fator e vermelhidão na parte branca dos olhos.

A inflamação, normalmente atinge ambos os olhos, por estarem bem próximos um do outro. Dependendo da força da conjuntivite pode haver sequelas.

1 de dezembro de 2017

A evolução tecnológica trouxe rapidamente o“esperado futuro” para os dias atuais. O mundo virtual já é uma realidade em nossas vidas e este já se mostra como um caminho sem volta. Os computadores que começaram como máquinas grandes e pesadas, hoje, já cabem no bolso. Aparelhos eletrônicos são instrumentos de trabalhos em todos os campos profissionais e são, na maioria das vezes, facilitadores da vida humana. Entretanto, vale ressaltar que convívio com as telas de computadores, celulares e similares apesar dos benefícios diversos são também nocivos ao homem nos aspectos físico, psíquico e social. Normalmente, de forma involuntária, piscamos os olhos de 15 a 20 vezes por minuto e esta frequência é responsável pela lubrificação adequada dos olhos. A atividade prolongada de frente ao computador reduz de maneira significativa a frequência do piscar dos olhos. Portanto, ao reduzir o número de vezes que pisca os olhos, fica comprometida a lubrificação e sintomas de coceira, ardência, lacrimejamento e cansaço visual se tornam queixas cada vez mais frequentes nos consultórios de oftalmologia. Acredita-se ainda que a luz de espectro azul emitida pelos aparelhos eletrônicos podem trazer riscos a longo prazo para formação de

Posted in oftalmologia by Clinicafares | Tags: , , ,
5 de setembro de 2017

  Começo esse artigo com uma pergunta. Quantas horas por dia você gasta usando o seu computador ou celular? Talvez não se lembre agora, mas deve ser o suficiente para, às vezes, sentir um incômodo na visão. Esse desconforto pode estar relacionado ao ”espasmo de acomodação”, mais conhecido também como falsa miopia, que ocorre devido o excesso de contração dos músculos dos olhos. Quando alguém começa a reclamar de dores, cansaço e desfoque na vista, pode ser que o cristalino, sistema responsável pelo foco para perto da visão e movimentado pelo músculo ciliar , esteja gastando muita energia e isso reflete na qualidade da visão. Se o indivíduo usa em excesso a visão de perto, essa musculatura precisa trabalhar bastante naquela posição. Dessa forma, o músculo “trava” no mesmo lugar para tentar fazer menos esforço, e quando é preciso olhar para longe, o foco está “travado” para olhar de perto e acaba embaralhando a visão. A falsa miopia pode ser identificada quando se tem reclamações de baixa visão há algumas semanas e principalmente se o indivíduo fica muito tempo conectado no celular, comput

Posted in oftalmologia by Clinicafares | Tags:
20 de janeiro de 2017

Você sabe o que é glaucoma? Leia o texto escrito pelo Oftalmologista da Clínica Fares Dr. Jaime Martins e aprenda mais sobre esse assunto. O que é? É uma doença degenerativa do nervo óptico, que pode ou não estar associado a pressão alta intra ocular. Quais consequências? É uma doença que pode levar à cegueira e, apesar de tentarmos controla-la reduzindo a pressão intra ocular, não tem cura. Quais fatores de risco? Idade maior que 40 anos, história familiar da doença em parentes de primeiro grau, raça negra, asiáticos, traumas oculares , inflamações intra oculares e cirurgias oculares. Há relação entre pressão alta intra ocular e pressão alta sistêmica? Não. Como posso evitar? Na verdade, não há uma fórmula para evitar o glaucoma. O mais importante é passar em consultas periódicas com seu oftalmologista para que, em caso de doença, ela seja diagnosticada precocemente. Quais sintomas? Na maioria das vezes, não apresenta sintomas, até que a doença esteja avançada. Em alguns casos o paciente pode queixar-se de uma dor súbita, vômitos e baixa de visão no olho afetado. Em casos avançados, o paciente terá baixa de visão e perda de visão periférica. Como trato o glaucoma? O tratamento vai depender do s

Posted in oftalmologia by Clinicafares | Tags: , ,
13 de janeiro de 2017

Você está com duvidas sobre Catarata?

Então leia esse texto escrito pelo Oftalmologista Jaime Martins da Clínica Fares e saiba mais sobre esse assunto. O que é Catarata? catarataÉ a opacificação do cristalino, nossa lente intra-ocular natural. Quais fatores de risco? Idade maior que 60 anos, exposição solar, diabetes, tabagismo , traumas oculares , inflamações intra oculares, cirurgias oculares e uso de algumas medicações, como os corticoisteróides. Como posso evitar? A catarata é um processo de envelhecimento do nosso corpo, portanto, nem sempre pode ser evitada. Boa alimentação, evitar o hábito de fumar, proteção solar e evitar auto-medicação sempre é recomendado O mais importante é passar em consultas periódicas com seu oftalmologista para que, em caso de doença, ela seja diagnosticada precocemente. A Clínica Fares possui uma equipe de oftalmologistas especialistas em Catarata. Quais sintomas? O paciente portador de catarata apresenta baixa de visão, especialmente em ambientes de baixa iluminação, diminuição da sensibilidade à cores e contraste, podendo até mesmo chegar à cegueira. Alguns casos de catarata inicial, o paciente relata melhora da visão para perto, mas ess

Posted in oftalmologia by Clinicafares | Tags: , ,
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE