Clinica cirurgica Osasco - Clínica Fares

Telefone: 11 3851.4000

clínica cirúrgica em osasco

Contato/Unidades

Todas as cirurgias em um só lugar – Clínica Fares

A Clínica Fares possui estrutura para realizar todos os tipos de procedimentos cirúrgicos, sejam de grande, médio ou pequeno porte.

A Clínica Fares possui estrutura para realizar todos os tipos de procedimentos cirúrgicos, sejam de grande, médio ou pequeno porte. Nossa equipe médica realiza cirurgias de todas as especialidades, inclusive cirurgias plásticas como: lipoaspiração, lipoescultura, prótese mamaria, rinoplastia (correção do nariz), otoplastia (correção da orelha); cirurgias bariátricas para obesidade, cirurgias oftalmológicas como catarata e calázio; cirurgias de cabeça e pescoço entre outras.

 

As pequenas cirurgias, onde não é necessário o uso de anestesia geral, podem ser realizadas na própria clínica, que possui salas equipadas com o que há de mais moderno em tecnologia médica e uma equipe de profissionais altamente qualificada, garantindo a segurança do paciente e minimizando os riscos de intercorrências durante o procedimento.

 

As cirurgias de grande porte são realizadas em hospitais parceiros de acordo com a preferência do médico e paciente. Esses hospitais seguem todas as normas de qualidade e segurança para que o paciente possa receber o melhor tratamento possível.

 

Seja para cuidar da sua saúde e tratar doenças ou da sua imagem e autoestima, o setor de cirurgia da Clínica Fares está preparado para receber você e analisar o seu caso com todo o cuidado necessário para realização de qualquer procedimento.

Cirurgias Externas

Cirurgia de Varizes

A cirurgia de varizes é o método de escolha para corrigir problemas de circulação e estase sanguínea nos membros inferiores (pernas).

As indicações para o tratamento cirúrgico são dor persistente, hemorragia, tromboflebite (inflamação nas veias) superficial, úlceras e dor persistente, além das razões estéticas.

Telangiectasias ou Microvarizes:

1) Escleroterapia: Consiste na injeção de um líquido esclerosante dentro da veia com o objetivo de causar uma trombose (entupimento de veias) que com o tempo fecha o vaso e é absorvida.

2) Laser (Photoderm): Tratamento não invasivo, que utiliza-se de pulsos de luz de alta intensidade. A pele é protegida por um gel, onde a luz atravessa e atinge o vaso. Com isto há a coagulação (fechamento) destes vasos com posterior absorção e clareamento.

 

Herniorrafia Inguinal

A Hérnia inguinal é a projeção de uma alça do intestino por meio de um orifício que se formou na parede abdominal na região da virilha.
Há duas maneiras de realizar o tratamento cirúrgico da hérnia inguinal:

1) Cirurgia aberta, através de incisões na virilha

2) Videocirurgia (“laparoscopia”), onde por meio de pequenos orifícios na parede abdominal, se corrige a hernia através de materiais que ocluem a hernia (telas).

 

Herniorrafia Umbilical

A hérnia umbilical é uma protuberância anormal que pode ser vista ou sentida na região do umbigo. A cirurgia é normalmente recomendada para evitar possíveis complicações – especialmente se a hérnia umbilical fica maior ou se torna dolorosa. Durante a cirurgia, uma pequena incisão é feita na base do umbigo. O tecido da hérnia é retornado para a cavidade abdominal e a abertura é costurada.

 

Herniorrafia Epigastrica

A hérnia epigástrica é semelhante à hérnia umbilical mas forma-se acima do umbigo. Existem dois tipos de cirurgia, dependendo da dimensão da hérnia. Para as hérnias menores, a cirurgia por via laparoscópica (através de pequenas incisões) é a preferida. No caso de hérnias maiores, recorre-se a uma técnica clássica por via abdominal. Esta cirurgia é, de um modo geral.

 

Herniorrafia Incisional

Hérnia é o escape parcial ou total de um ou mais órgãos por um orifício que se forma por enfraquecimento nas camadas de tecido

 

Gastroplastia

A Gastroplastia, também chamada de Cirurgia Bariátrica é uma plástica no estômago, que tem como o objetivo reduzir o peso de pacientes obesos.

Na maioria dos casos, com a cirurgia bariátrica, além de perder grande quantidade de peso, o paciente tem os benefícios da melhora do diabetes, controle da pressão arterial, dos lipídeos sanguíneos, dos níveis de ácido úrico, alívio das dores articulares.

 

Colecistectomia

A Colecistectomia é uma cirurgia que remove a vesicular biliar.
Atualmente a maior parte das cirurgias é realizada por meio de videolaparoscopia, onde ma espécie de micro câmara é usada para mostrar a vesícula biliar e sua retirada através de pequenas incisões na parde abdominal. Ocasionalmente pode ser necessário converter uma cirurgia laparoscópica em cirurgia aberta, principalmente em lirgências.

 

Adenoamigdalectomia

As adenóides e amígdalas palatinas são tecidos linfóides localizados na rinofaringe e orofaringe. A adenoamigdalectomia é um procedimento rápido e de curta duração. É feito sob anestesia geral. Normalmente os pacientes tem alta no mesmo dia.

 

Septoplastia + Turbinectomia

Esse procedimento cirúrgico é indicado ao paciente que apresenta desvio do septo nasal e hipertrofia dos cornetos prejudicando a respiração nasal. A cirurgia pode ser realizada sob anestesia local mais sedação ou anestesia geral.

 

Catarata

A catarata é uma doença que começa lentamente e acaba ocasionando a perda da visão. Dentro dos olhos existe uma lente natural chamada cristalino que, com o passar dos anos ou devido a algum tipo de alteração sistêmica ou mesmo ocular, pode perder sua transparência, atrapalhando a entrada da luz no olho.

O tratamento da catarata é sempre cirúrgico, o processo cirúrgico consiste na retirada do cristalino opacificado e sua substituição por uma lente intraocular artificial. O processo é simples e no mesmo dia o paciente já pode voltar para casa.

 

Miopia

São dois os principais métodos de cirurgia de correção de grau a laser:

– PRK ou Ceratectomia Fotoablativa

É realizada uma aplicação do laser e colocação de uma lente de contato terapêutica; esta modalidade tem um pós-operatório com ajuste do grau mais trabalhoso, porém apresenta melhor resultado a longo prazo.

– LASIK (Laser Assisted in Situ Keratomileusis)

No procedimento denominado Lasik é realizada uma delaminação corneana, seguida do levantamento de um flap e aplicação do laser; esta modalidade apresenta um pós-operatório mais simples e o ajuste do grau é rápido.

 

Hemorroidectomia

A hemorroidectomia é a cirurgia para tratamento das hemorroidas. O método mais utilizado consiste na ressecção (remoção) dos mamilos hemorroidários.

 

Histerectomia

A histerectomia é a cirurgia de retirada do útero. Ela pode ser realizada de várias maneiras com incisões na região do abdômen, pelo qual o cirurgião retira o útero da paciente, remover o útero através da vagina ou realizada por meio de laparoscopia.

 

Histeroscopia Cirúrgica

Procedimento cirúrgico realizado por dentro da vagina e do canal do colo uterino utilizando uma fina ótica que permite visualizar a cavidade uterina e identificar eventuais doenças existentes dentro do útero.

 

Laqueadura

Este procedimento é feito como método de anti concepção definitiva, ou seja, esterilização feminina para pacientes que não podem engravidar ou não querem mais engravidar.

 

Lipoaspiração

A cirurgia de lipoaspiração consiste na aspiração de gordura através de pequenos orifícios. Ela pode ser feita em diversas partes do corpo e é indicada para remoção de gordura localizada.

 

Abdominoplastia

A abdominoplastia é uma cirurgia plástica realizada para retirar o excesso de pele e gordura localizada e proporcionar a recuperação da firmeza dos músculos da região abdominal, resultando em uma barriga mais lisa e tonificada. Esse procedimento também consegue amenizar as estrias localizadas na região.

 

Rinoplastia

A rinoplastia é a cirurgia plástica indicada para correção estética do nariz, existem inúmeras possibilidades: aumentar ou diminuir o nariz, dar projeção à ponta, afinar as asas nasais e até diminuir a giba óssea, que é com os médicos chamam o “osso” ou “calo” do nariz.

 

Mamoplastia

A mamoplastia pode ser indicada para aumentar, reduzir ou para suspensão (levantamento) de mamas. A mamoplastia é toda cirurgia plástica que transforma e modifica o formato das mamas, tendo por objetivo torná-lo mais harmonioso e proporcional ao restante do corpo.

 

Reversão de vasectomia

A reversão de vasectomia consiste em um procedimento cirúrgico. Com o objetivo de recanalizar o canal (deferente) ligado na vasectomia.

 

Varicolece

Varicocele é a dilatação das veias presentes dentro do escroto, a bolsa de pele abaixo do pênis que contém os testículos. A cirurgia recomendada é aquela realizada na região subinguinal (bem baixo na virilha próxima à raiz do pênis). O paciente pode ter alta no mesmo dia sem a necessidade de pernoitar no hospital.

 

RTU Próstata

Cirurgia de remoção parcial ou total da próstata. Após a cirurgia, será introduzido um cateter na sua bexiga para remover qualquer sangue ou coágulos possivelmente presentes na bexiga como resultado do procedimento.

 

Hidrocele

Hidrocele testicular é um acúmulo de líquido no interior da membrana mais profunda do testículo. As hidroceles devem ser operadas caso causem sintomas, como aumento progressivo. Faz-se uma incisão na bolsa escrotal e os tecidos envolvidos na hidrocele são removidos. Se houver complicações, como uma hérnia inguinal associada, a incisão é feita na região inguinal. Essa abordagem permite a correção de hérnias e outras complicações no mesmo tempo cirúrgico.

 

 

Cirurgias Internas

Exerese de lipoma

Um limpoma é um tumor benigno originário do tecido gorduroso subcutâneo, que formam nódulos de consistência firme e elástica e fazem relevo na pele. Geralmente um procedimento cirúrgico sob anestesia local é o suficiente para remover a maioria das lesões.

 

Exerese de cisto epidérmico

O cisto sebáceo é uma lesão que se forma sob a pele pela retenção e acúmulo de oleosidade e descamação, substância chamada sebum. O tratamento definitivo é cirúrgico com anestesia local para a retirada complete do cisto.

 

Cauterização do colo do útero

Procedimento realizado em nível cirúrgico ambulatorial com duração de aproximadamente de15 minutos e realizado sem anestesia.

Durante o procedimento a paciente pode sentir um leve desconforto e cólicas. Logo após a cauterização a paciente está liberada para retorno as atividades habituais. Os cuidados após a cauterização são: abstinência sexual por 30 dias e retorno médico 45 a 60 dias.

 

Drenagem de Bartholin

Bartholinite é a inflamação das glândulas de Bartholin, localizadas nos lábios da vagina. A cirurgia para a glândula de Bartholin é indicada quando há formação do cisto de Bartholin ou infecção dos mesmos. O procedimento pode ser realizado por meio da drenagem do cisto em caso de infecção ou remoção das próprias glândulas de Bartholin.

 

Ginecomastia

A ginecomastia é o crescimento de mamas de tamanho fora do normal em homens. A correção da ginecomastia é feita por procedimentos cirúrgicos, onde pode ser usado anestesia local ou geral. Na maioria dos casos o paciente recebe alta no mesmo dia e retornar ao trabalho em três dias.

 

Otoplastia

A otoplastia é a cirurgia plástica que corrige as malformações das orelhas, tal como a “orelha de abano” que causa incômodo e constrangimentos e até trauma psicológicos e complexos. A cirurgia plástica pode ser feita a partir dos 7 anos de idade, período em que a orelha já está totalmente formada.

Após a cirurgia o paciente deve permanecer de 3 a 5 dias com a cabeça enfaixada, deixando somente o rosto livre.

 

Correção de lóbulo de orelha

Muito frequentemente pode ocorrer a abertura, alargamento e até a laceração completa do furo nas orelhas para o uso de brincos. A cirurgia é simples e é realizada sob anestesia local é mantido um curativo no primeiro dia, evitando-se molhar a região.

 

Calázio

Calázio é o nome dado ao cisto da pálpebra causado pela inflamação de uma das glândulas que produzem material sebáceo. A operação é realizada sob anestesia local na região da palpebral. A recuperação é geralmente rápida.

 

Xantelasma

Lesões na região palpebral provocadas pelo depósito de lipídeos (gordura) na pele. O tratamento geralmente é realizado sob anestesia local.

 

Pterigio

O pterígio é uma formação carnosa no canto interno do olho em direção à pupila, sobre a córnea.

A a cirurgia é indicada para sua remoção, antes que alcance a pupila.

A anestesia geralmente feita com colírio.

 

Peniscopia

A peniscopia é uma técnica de auxilio ao diagnóstico das doenças sexualmente transmissíveis, não perceptíveis a olho nu. Lentes de magnificação associado ao uso de substâncias são utilizadas para facilitar a detecção de lesões. A técnica é indolor e rápida.

 

Vasectomia

A vasectomia é uma opção para casais que não pretendem ter mais filho. É uma cirurgia simples, onde são seccionados os canais deferentes, que são os condutos que levam os espermatozoides do testículo até as vesículas seminais, de onde são expelidos durante a ejaculação com o sêmen. Após a realização da vasectomia, o homem não deixa de ejacular ou de sentir prazer na relação sexual. As primeiras ejaculações após a vasectomia possuem espermatozoides, por isso é necessário ainda utilizar preservativo durante os 3 primeiros meses.

 

Postectomia

A postectomia, cirurgia para a retirada do prepúcio (aquele excesso de pele natural do pênis). A cirurgia é indicada para algumas condições médicas como fimose (prepúcio extremamente apertado) e infecções do trato urinário. As principais recomendações após a cirurgia são repouso e fazer compressa fria local.

 

Meatoplastia

A meatoplastia é uma intervenção cirúrgica com o objetivo de aumentar o calibre da região final da uretra, e assim, promover um melhor fluxo urinário e melhorando o padrão miccional. O procedimento é realizado inicialmente com anestésico tópico e depois com anestésico local injetável. A duração é rápida e não há a necessidade de usar antibióticos após o término do procedimento.

Orçamento:

Contato/Horário de funcionamento

UNIDADE I

Av. Parada Pinto, nº 99 – Vila Nova
Cachoeirinha – São Paulo/SP
Telefone: (11) 3851-4000

CLÍNICA
Segunda a sexta – 7h às 20h
Sábados – 7h às 18h

LABORATÓRIO
Segunda a sexta – 6h30 às 19h30
Sábados – 6h30 às 16h30
Domingo – 8h30 às 12h00
Feriado – 8h às 13h
 

UNIDADE II

Rua Barão do Rio Branco, nº 303
Santo Amaro – São Paulo – SP
Telefone: (11) 3851-4000

CLÍNICA
Segunda a sexta – 7h às 19h
Sábados – 7h às 17h

LABORATÓRIO
Segunda a sexta – 7h às 19h
Sábados – 7h30 às 18h30
Domingo – 8h às 12h00
Feriado – 8h às 13h

 

UNIDADE III

Rua Antônio Agú, nº630
Centro – Osasco/SP
Telefone: (11) 3851-4000

CLÍNICA
Segunda a sexta – 7h às 20h
Sábados – 7h às 18h

LABORATÓRIO
Segunda a sexta – 6h30 às 19h00
Sábados – 7h30 às 18h00
Domingo – Fechado
Feriado – 8h às 13h

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE