Clinica Fares - Página 2 de 15 - Clinica médica
27 de outubro de 2017

A acne é uma doença inflamatória do folículo pilossebáceo com resposta por estímulo hormonal, que começa na puberdade e vai até início da idade adulta. A doença requer tratamento a partir do aparecimento de pequenos comedões (cravos) na tentativa de evitar o aparecimento das terríveis cicatrizes que estigmatizam alguns adolescentes. Existem cinco graus da acne e servem para determinar o tratamento que será adotado para cada indivíduo. No grau I, aparecem cravos sem lesão ou inflamação na pele. O grau II, a pele tem cravos e espinhas pequenas com pus. No grau III, aparecem cravos, espinhas, nódulos (lesões profundas), dolorosas e inflamadas. Já no grau IV, lesões bem próximas umas das outras com pus que causa formação de cistos e abscessos, acarretando em deformações na pele. Também pode estar acompanhada de dor nas articulações, febre e mal-estar, além de todas as características dos outros graus. O tipo de tratamento que será adotado vai desde o uso de sabonetes, ácidos, seborreguladores, anti-inflamatórios, antibióticos até o uso da isotretinoína oral, mas tudo vai depender das recomendações dermatológicas. Dra. Adriane Ferrarese

Posted in dermatologia by Clinicafares | Tags: ,
25 de outubro de 2017

Infelizmente existem crianças que apresentam uma falta de empatia, demonstrando um comportamento de agressividade hostil, com meta de causar danos ou prejudicar o outro, seja física ou verbalmente. Quando há uma criança causando sofrimento a seu filho, é preciso observar o comportamento do mesmo e conversar com ele para tentar entender o que está passando, conhecer seus sentimentos e em qual contexto ocorre esta interação, para que ele possa se abrir de forma segura. Deve haver também um reforço positivo toda vez que seu filho se abrir, o parabenizando por ter a coragem de contar, pois a maioria das crianças sente medo ou vergonha de expor esta situação. Conversar com o amiguinho numa tentativa de defesa e tentar resolver o problema entre eles tratando-o com respeito e empatia pode funcionar ou não, isso vai depender do amiguinho. Pois deve ser levada em consideração a dinâmica familiar, porque algumas famílias podem ser muito fechadas. Mas se houver uma abertura, os responsáveis também podem conversar entre si para que orientem a criança sobre o comportamento desadaptado que está apresentando na escola e que as ações sofrem consequências que, neste contexto, são negativas. Inclusive se o caso acontecer na escola, é sempre fundamental envolver os professores e coordenadores para que eles possam também ajudar

23 de outubro de 2017

As úlceras estão entre as queixas mais ouvidas diariamente pelo cirurgião vascular, incomodando e preocupando inúmeras pessoas. Um fato interessante é a quantidade de mitos envolvendo as úlceras. Por exemplo, a ideia de que a ferida será resolvida apenas com curativo. Este pensamento está totalmente errado e será demonstrado posteriormente. Inicialmente, úlcera acontece quando há perda da integridade do tecido acometido, ou seja, forma ferida. Esta alteração pode ocorrer em qualquer parte do corpo, sendo as úlceras de pele as responsáveis pelo agendamento de consulta com o cirurgião vascular. Podem ocorrer em qualquer localização do corpo, atingindo tamanhos e profundidades variadas. As suas causas também são diversas, podendo ter origem em doenças dermatológicas, ou seja, doenças de pele, doenças autoimunes (como lúpus), acometimento neurológico e, principalmente, vasculares. Concentrando no âmbito da vascularização, podem ser definidos três tipos de úlceras: venosa, arterial e hipertensiva. Úlcera venosa é a mais famosa de todas e a mais comum, acometendo geralmente as pernas, associada a problemas de vasos cansados, sendo estes vasos as famosas varizes. A úlcera arterial ocorre devido à dificuldade de o sangue chegar ao local, ou seja, o va

20 de outubro de 2017

O Brasil é um dos países mais vaidosos do mundo. Segundo uma pesquisa organizada pela Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (ISAPS), em 2015, o país registrou 1.224.300 cirurgias plásticas, perdendo somente para os Estados Unidos.

 

Os homens e as mulheres brasileiros gostam de investir em beleza, contudo é preciso planejar com muito cuidado, pois existem fatores que impedem a realização da cirurgia plástica.

 

18 de outubro de 2017

A cardiologia preventiva é versátil e muito dinâmica. Sobretudo, atualmente, podemos usufruir dos recursos que a tecnologia na palma da mão nos oferece via smartphone. Por exemplo, existem aplicativos que permitem calcular a distância percorrida em metros, a contagem do número de passos, dentre outras possibilidades. Neste sentido, podemos estabelecer uma meta semanal de 150 minutos com uma caminhada diária de 30 minutos, cinco vezes por semana. Com hábitos de uma vida de maior longevidade aliado aos banhos de sol, poderemos contribuir para a construção de músculos da coluna e das pernas mais fortes. Além disso, as práticas diárias de pequenos exercícios de alongamento mantem a flexibilidade de nossos joelhos. Aprender a fazer boas escolhas na vida de um modo geral é essencial. Contudo, podemos optar entre subir os degraus de uma escada, ser carregados pelo elevador ou escadas rolantes. Musicoterapia, risoterapia e a prática assídua da meditação aliviam o estresse diário. Na segunda década da era digital vamos recordar que a primeira conexão deve ser com o nosso interior “conhece-te a ti mesmo” dizia Sócrates. Procure um médico cardiologista e tire suas dúvidas!

16 de outubro de 2017

Quando decide emagrecer, você entra naquelas dietas da moda? Já seguiu dicas de como cortar o jantar, beber chá verde ou água com limão em jejum, mas sem saber se funcionam? Então, aqui estão cinco mitos e verdades sobre emagrecimento que podem te ajudar a descobrir se está no caminho certo.

  1. Não jantar ou fazer jejum ajuda a emagrecer?

Não. Porque pular refeições faz com que o organismo crie um sistema de defesa para os momentos de stress. Quando muito tempo em jejum o organismo passa a guardar energia na forma de gordura para que quando houver outro período de jejum prolongado ele tenha reservas, além de que no jejum o metabolismo diminui fazendo o corpo gastar menos energia.

  1. Está certo substituir refeições por shakes e/ou suplementos?

Não. Shakes e suplementos são acrescidos de conservantes, corantes e aromatizantes para melhorar o gosto e aumentar o prazo de validade. Em geral, são consumidos sem qualquer indicação ou acompanhamento nutricional. Além disso, os alimentos têm outra ligação com o ser humano, o aspecto emocional.

  1. Tomar chá verde ou água com limão em jejum ajuda a emagrecer?

Para se obtiver os benefícios dessa erva deve-se consumir no mínimo quatro xícaras de chá po

13 de outubro de 2017

Você pinga uma gota que dura o dia inteiro. Logo, passa a pingar o dia inteiro e não dura uma gota”, costumo dizer essa frase, pois quando o nariz entope, muitas pessoas procuram pelo descongestionante nasal para aliviar a irritação, porém seu uso constante pode causar graves danos à saúde. Os efeitos dos descongestionantes, usados por um longo período de tempo elevam os cardiovasculares. Seu uso abusivo provoca na mucosa nasal uma reação inflamatória, fazendo com que seja preciso quantidades cada vez maiores do remédio para se obtiver bem-estar. Isto é conhecido como “efeito rebote”. Assim, com o tempo será preciso cada vez mais doses para que o remédio faça efeito e isso pode provocar doenças cardiovasculares como o infarto agudo do miocárdio, acidente vascular cerebral e morte súbita. A única solução para o descongestionante nasal baseada em evidência é o uso do soro fisiológico seguida de uma visita ao otorrinolaringologista. Dr. André Freitas Cavallini da Silva Otorrinolaringologia CRM: 161147

11 de outubro de 2017

Na população, em geral, o excesso de peso, considerando crianças e adultos, chega a incríveis 53,9% da população brasileira.

Estudos também apontam que 34,6% dos brasileiros comem em excesso carnes com gordura e 29,8% dos brasileiros consomem refrigerantes, pelo menos, cinco vezes por semana; associado a falta de atividade física regular, esses números se agravam progressivamente.

A obesidade é uma doença evitável, mas a preocupação é que está associada ao aparecimento de outras doenças, como:

 

Aumento de 10% do peso, que está associado a um ganho de 6 vezes no risc

9 de outubro de 2017

A dor de cabeça (cefaléia) é uma das doenças mais comuns no mundo, ocorrendo em todos os grupos etários. É responsável por 1 a 2% de todas as avaliações em serviços de urgência e por até 4% de todas as visitas a consultórios médicos, envolvendo todas as especialidades.

Embora na maioria das vezes a cefaléia seja uma condição benigna, principalmente quando crônica e recorrente, o início recente de uma dor de cabeça pode ser a primeira ou principal manifestação de doença sistêmica ou intracraniana grave e, portanto, deve sempre ser investigada.

A cefaléia pode assumir diversas formas e é descrita de diversas maneiras pelos pacientes. A dor pulsátil ou latejante com frequência é descrita em pacientes portadores de enxaqueca, mas também pode ser uma característica de cefaléia do tipo tensional, que também ocorre descrições de dores com características de aperto ou pressão. Dor aguda e lancinante (em facadas) sugere uma causa neurítica, como a nevralgia do trigêmeo, por exemplo.

Atualmente existem diversos fatores precipitantes já conhecidos, entretanto, não devemos deixar de ressaltar sua característica particular, ou se

Posted in neurologia by Clinicafares | Tags: ,
5 de outubro de 2017

A doença começa quando uma célula, na grande maioria das vezes, nos ductos mamários ou das glândulas mamárias, que são os “tubos” que carregam o leite até o mamilo e as glândulas que as fabricam, passa a ter um crescimento fora de controle. Essas células passam também a ter um comportamento invasivo e agressivo. É muito mais frequente nas mulheres, mas também pode ocorrer nos homens.  Nós sabemos que existe um conjunto de fatores que envolvem uma combinação do próprio organismo da pessoa e o estilo de vida. Ingestão de álcool, sobrepeso, sedentarismo, nuliparidade (mulher que não teve gestação), não a amamentação, uso de contraceptivos orais e a terapia hormonal após a menopausa, são alguns dos fatores de risco que, hoje, a ciência definiu como certos. Muitos destes fatores de risco são possíveis mudando o estilo de vida. Existem outros que dependem  do próprio organismo, como algumas mutações genéticas, histórico na família de câncer, entre outros.

Idade de maior risco

Existe uma relação direta entre idade e desenvolvimento do câncer de mama. Quanto maior a idade, mais o risco. Sabemos que boa parte dos casos são diagnosticados em mulheres com mais de 55 anos. Por causa disso, a partir dos 40 anos, a mulher já deve ter a opção de iniciar o rastreio. Se você tem 45 ano

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE