Arquivos cardio - Clinica Fares

Benefícios da atividade física para saúde e qualidade de vida

20 de setembro de 2018

O dia a dia de muitos passam voando e quando se menos espera a semana já foi embora. São tantos afazeres que não damos atenção para algo que faz toda diferença na vida de quem pratica: atividade física. Deixar de levar uma vida sedentária tem suas vantagens, inclusive por manter o corpo saudável e longe de doenças. Abaixo, você pode acompanhar alguns dos benefícios da atividade física para a saúde e o bem-estar:

Ajuda prevenir doenças do coração

Praticar atividade física regular diminui os riscos de doenças cardiovasculares. Tanto que, de acordo com o Ministério da Saúde a falta de atividade física é responsável por 54% de doenças cardiovasculares e 37% dos riscos de casos de câncer. Entre as doenças que podem ser evitadas estão: diabetes, obesidade, hipertensão e colesterol.

Melhora o humor

Muito sono, falta de energia e cansaço? É melhor largar o sofá e praticar ativid

18 de setembro de 2018

A angina (angina pectoris) é a sensação de dor ou aperto no peito, causada pelo estreitamento das artérias que guiam o sangue ao coração – a isquemia cardíaca – que é a limitação do fluxo de sangue que circula pelas artérias que levam oxigênio ao coração. A dor e sensação de peso significam que o coração está recebendo menos sangue do que o necessário.

Sinais de angina

Alguns sintomas podem ser associados a angina, como:

  • Dores no peito ou desconforto
  • Pressão no peito
  • Dores no corpo, como: pescoço, mandíbula, ombro e braços
  • Falta de ar
  • Fadiga
  • Náusea
  • Suor excessivo

Há casos, em alguns tipos de angina, que a dor surge até quando o indivíduo está dormindo. A dor também pode piorar se houver estresse emocional, exposição ao frio e estômago cheio.

Diferença entre angina estável e angina instável

A angina estável, normalmente, acontece quando a pessoa faz algum esforço físico, como fazer exercícios físicos ou passar por estresse emocional e a dor passa com repouso. Já a angina

Posted in cardiologia by Clinicafares | Tags: , , , , ,
16 de julho de 2018

O inverno é um grande aliado à pressão alta (hipertensão). Acontece que durante esta época do ano, a temperatura baixa, diminui o diâmetro dos vasos sanguíneos, fecha a circulação e aumenta a pressão. Então, veja alguns cuidados que ajudam a evitar a pressão alta e suas complicações:

Evite o sal 

O sal é composto por sódio, substância que faz com que o corpo retenha mais líquido e aumente o volume de fluídos nos vasos sanguíneos, isso pode causar a pressão alta, então vale diminuir sua digestão. Além disso, devem-se evitar alimentos embutidos e temperos industrializados.

Faça exercícios físicos

Após avaliação médica, é interessante praticar regularmente atividade física. Correr, nada, pedalar, aeróbica, são atividades que ajudam a baixar a pressão arterial (sendo feitos de forma moderada). Não se pode esquecer de fazer alongamento antes de iniciar as atividades para evitar problemas.

Cuidado com o estresse

Enfrentar situações de estresse são agravantes para a pressão alta. Sendo assim, aprender administrar em situações de conflito e ter boas noites de sono são aspectos importantes para o controle da pressão.

Quanto menos bebida

26 de abril de 2018

Hipertensão, popularmente conhecida como “pressão alta”, não escolhe idade para surgir, podendo acometer crianças, jovens e adultos. Segundo uma pesquisa da Vigitel 2015, um em cada quatro brasileiros são atingidos pela doença que se torna cada dia mais comum. A hipertensão é caracterizada por elevação da pressão arterial (maior ou igual a 14 por 9 – 140 X 90 mmHg), que nada mais é que o estreitamento das artérias devido o aumento de sua resistência, fazendo com que o coração precise bombear sangue com mais força podendo gerar uma sobrecarga no órgão, fazendo com que ele aumente de tamanho. Os principais fatores que contribuem para o aparecimento dessa doença estão ligados ao sedentarismo, consumo excessivo de sal, bebida alcoólica, tabagismo, estresse, alteração do sono e obesidade. A hipertensão atinge o cérebro, rins, vasos e coração: -No cérebro: pode ocasionar  AVC ou “derrame cerebral”. -No coração: quando ocorre a obstrução (“entupimento”) de um vaso pode ocorrer o infarto. -No rim: pode ocasionar alteração na filtração, produção da urina e até mesmo alteração hormon

8 de janeiro de 2016

Da Redação   Você é daqueles tipos de pessoas que, mal faz qualquer atividade simples, como descer alguns lances de escada, é já fica cansada como se tivesse corrido uma maratona? É bom ir atrás de um médico: por trás desse cansaço pode estar algo mais sério como um quadro de insuficiência cardíaca, por exemplo!   Vou explicar melhor. A insuficiência cardíaca é o comprometimento da capacidade do coração de suprir as necessidades do organismo.   É quando, é quando o bombeamento de sangue para os outros órgãos é prejudicado e muitos sintomas, como o cansaço frequente que citei, começam a surgir.   A insuficiência cardíaca é algo alarmante e quem atesta isso é a Organização Mundial da Saúde (OMS. O principal sintoma, como eu disse, é o cansaço após uma situação de esforço e, na fase avançada da doença, esse cansaço pode aparecer mesmo em repouso.   Inchaço nas pernas, aumento do volume abdominal e palpitações, entre muitos outros, são outros sinais bem comuns da insuficiência. O problema, naturalmente, costuma ser mais comum em pessoas idosas, mas pode acometer qualquer pessoa de qualquer faixa etária.   A explicação à insuficiência cardíaca ser maior em pacientes com mais de 65 anos é porque, na maioria das vezes, ela tem relação com outros problemas cardíacos como a velha e temida hipertensão

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE