Arquivos clínica fares - Clinica Fares

Saiba como tratar sua labirintite/tontura

16 de fevereiro de 2018

Tontura é o termo utilizado para definir sintomas do desequilíbrio, sendo que 85% dos casos de tontura estão relacionados a alterações no sistema vestibular. A tontura desencadeia uma série de consequências psicossociais, piorando a qualidade de vida de quem sofre com esse sintoma. A avaliação da causa é fundamental para que se possam definir as formas de tratamento. Seu médico poderá solicitar exames para avaliar a audição e o equilíbrio. Um desses exames é o exame otoneurológico.

Exame Otoneurológico

Este exame, avalia a função auditiva e vestibular por vectonistagmografia computadorizada, sendo de fundamental importância para diagnosticar doenças do labirinto.

Principais indicações

É indicado para pessoas com queixas de:

  • Tontura
  • Vertigem
  • Náuseas
  • Desequilíbrio
  • Perda auditiva neurossensorial
  • Zumbido
  • Cefaleia
  • Cinetoses
  • Enxaqueca
  • Quando há suspeita de problemas no labirinto

Realização

Inicialmente, realiza-se a avaliação audiológica (audiometria tonal, vocal e impedanciometria) e posteriormente a avaliação do sistema vestibu

2 de fevereiro de 2018

O dia mundial contra o câncer está aí e será uma grande oportunidade para focarmos a atenção em nossas atitudes do dia a dia e na das pessoas que amamos.

Afinal, não é todo dia que falamos desse assunto e quebrar o tabu é o primeiro passo!

Primeiramente, pare o que você está fazendo e reflita: O que fizemos hoje para prevenir o câncer? E o que fizemos hoje para desenvolver o câncer? Parece algo simples de fazer, mas que na correria do nosso dia a dia acabamos por deixar de lado pequenas atitudes que fazem grande diferença em nosso futuro.

Dados científicos mostram cada vez mais uma forte evidência de que há associação em nossas escolhas de vida e o desenvolvimento do câncer.

Isto quer dizer, que na maioria dos casos, a doença está relacionada a não aplicar aquilo que sabemos que é o saudável: ter uma atenção especial na dieta, estar no seu peso adequado, não fumar, praticar atividade física regularmente, evitar consumo exagerado de álcool e fazer os exames preventivos indicados por seu médico.

Hoje, a ciência está cada vez mais desenvolvida e ano a ano, medicamentos novos surgem para o

1 12 de janeiro de 2018

Definições

Dispneia é o termo usado para sensações respiratórias desconfortáveis. A literatura médica tem diversas definições, dentre elas, considera-se a percepção subjetiva de desconforto respiratório, qualitativamente distinto e que varia em intensidade. Pessoas sadias podem apresentar dispneia ao realizar grandes esforços, porém quando este achado clínico surge em meio a um esforço físico desproporcional à queixa, obrigatoriamente se inicia a investigação da causa. Pelo fato de ser uma queixa subjetiva, o paciente pode apresentar sensação de aperto no peito, sufocamento, falta de ar, incapacidade de encher o pulmão, dentre outras formas referidas. Sendo um sintoma relativamente comum, acomete milhões de pessoas com doenças pulmonares e cardiovasculares. Pode ser, por exemplo, a manifestação inicial de um infarto, tromboembolismo pulmonar, doença pulmonar obstrutiva crônica ou doenças intersticiais pulmonares. A proporção de pacientes que procuram o médico com esta queixa aumenta com a idade, sendo o pico de incidência entre os 55 e 69 anos de idade.

Durante a consulta

Informar ao médico sinais indiretos de classificação da dispneia. Por exemplo: Grau 0 – Dispneia em esforços extremos como correr ou subir escadas íngremes. Grau 1 –

11 de janeiro de 2018

Algumas das queixas mais frequentes nos consultórios são do tipo: “meu filho não come”, “só gosta de guloseimas”, “meu filho está muito magro”, “meu filho está acima do peso, mas nem come tanto assim”. Enfim, os hábitos alimentares são tão importantes que merecem papel de destaque e dicas para família fazer da refeição um momento de prazer e de saúde:

1º mandamento

O objetivo não é o prato vazio, mas a relação com a comida!

Quando o objetivo é ver o prato vazio, ou seja, fazer a criança aceitar tudo o que está sendo oferecido, “vale tudo” para que a criança coma: distração, trocas, barganhas, ameaças etc. Mas esse caminho não respeita os sinais da criança e impede que ela desenvolva suas próprias impressões sobre o alimento. Quando a criança tem sua fome e sua saciedade respeitadas, quando tem a oportunidade de aprender a comer sozinha e de experimentar novos alimentos, quando a criança não é forçada a comer e aprende a comer quando está com fome e não comer quando está satisfeita é possível estabelecer uma relação mais prazerosa e consciente. Aceite que o prato nem sempre estará vazio, e isso é respeito, não tem nada a ver com desempenho materno ou falta de cuidado. Outro erro é confundir a curiosidade do bebê com vontade

10 de janeiro de 2018

O AVCi– Acidente Vascular Cerebral Isquêmico– é caracterizado pela falta de suprimento sanguíneo em uma parte do cérebro. Sem sangue, os neurônios presentes nessa região não tem acesso a nutrientes e oxigênio, e podem acabar morrendo. Cerca de 70.000 brasileiros, por ano, são vítimas da doença, que também é uma das principais causas de morte e incapacidade no mundo. Ele pode acontecer para qualquer um, em qualquer idade. A incidência aumenta com a idade, sendo que 2/3 ocorrem em pessoas com mais de 65 anos e acomete um pouco mais os homens do que as mulheres, sendo maior em afrodescendentes do que em brancos. Dentre os fatores de risco, existem os chamados modificáveis, relacionados principalmente ao estilo e hábitos de vida; e os não modificáveis, que englobam doenças concomitantes que podem predispor ao AVC, além de fatores genéticos. O AVC afeta a todos: sobreviventes e familiares, amigos e comunidades. Entretanto, é uma doença que pode ser prevenida. Entre os fatores de risco para o AVC, temos vários que são potencialmente modificáveis, dentre eles se destacam:

  • tabagismo
  • hipertensão
  • diabet

31 de maio de 2016

O xixi na cama pode ser um grande problema na vida dos pequenos. Não é nada mole a vida da criança que não consegue se controlar e acaba sempre fazendo xixi na cama. Essas crianças, na verdade, sofrem de um distúrbio chamado “enurese noturna”. O problema costuma afetar os pequenos a partir dos 5 anos de idade.  Esse distúrbio é mais frequente nos meninos do que nas meninas e as opções para tratar esse problema variam de acordo com as características e necessidades de cada criança. meninotristeclinicafaresA enurese noturna pode ocasionar sérios efeitos psicológicos que são agravados com a falta de informação dos pais e a dificuldade de lidar com esse problema, sobretudo quando a criança é punida por ter feito xixi na cama. A autoestima da criança pode ficar abalada, ficando mais irritada, triste e agressiva . Ao perceber que a criança com mais de cinco anos idade, ainda molha a cama à noite, procure ajuda médica na Clínica Fares.

11 de abril de 2016
O outono chegou e o inverno se aproxima, apesar de ainda estarmos vivendo um clima quente, as doenças desta época já começam a aparecer e preocupar a população brasileira. Os problemas mais comuns no outono e no inverno são as doenças respiratórias. Entre as mais frequentes estão a gripe e o resfriado, que costumam ser confundidas. A gripe é causada somente pelo vírus influenza , enquanto os resfriados, por muitos outros, como o rinovírus.  Estamos vivendo uma fase de alerta na saúde em relação aos avanços de casos de gripe causada pelo vírus H1N1. Por isso, alguns cuidados devem ser tomados para preservar a saúde. Evitar a contaminação pelo vírus H1N1 é mais simples do que parece .
 h1n1Dicas:
1- Lave as mãos com freqüência; 2- Carregue um álcool gel com você; 3- Evite contato com olhos, boca e nariz sempre que encostar em locais públicos como maçanetas, corrimãos, apoios do metrô e dos ônibus; 4- evite o contato com pessoas que contraíram o v

31 de março de 2016

O ronco causashutterstock_149296487 várias situações incômodas como a cefaleia, sonolência diurna, dificuldade de concentração e até alterações cardíacas. Ele torna “vítimas” apenas aqueles obrigados a dormir com esse barulho. De acordo com a Associação Brasileira do Sono, pelo menos três em cada dez brasileiros sofrem com o problema. Um cansaço ao acordar, dor de cabeça e irritação ao longo do dia são apenas dos sinais que o distúrbio provoca. Geralmente, um ronco frequente mostra que algo não vai nada bem no organismo.  

21 de março de 2016

A Cirurgia refrativa  é uma das cirurgia dos olhos mais conhecidas, o procedimento é bem simples: serve pare remodelar suavemente a superfície da córnea modificacirurgia_refrativando, assim, sua curvatura para corrigir os erros refrativos bem conhecidos como, por exemplo, a miopia, hipermetropia e astigmatismo. Ela dispensa a necessidade de ficar internado e é indicada quando o paciente quer diminuir a dependência do uso de óculos ou lentes de contato.

Quando a cirurgia é bem-indicada, de acordo com o caso do paciente, e realizada com equipamentos de qualidade e por profissionais gabaritados, as chances de complicações durante e pós o procedimento são mínimas.

O pós-operatório é indolor e a recuperação é rápida, serão prescritos colírios e outros medicamentos como anti-inflamatórios, a serem utilizados sob estrita orientação médica.

   

14 de março de 2016

A Hepatologia é área da medicina que estuda e diagnostica doenças relacionadas ao fígado. figado_clinicafares_hepatologista Essa área orienta ainda sobre a prevenção às hepatites virais seja por meio do uso de vacinas ou com a adoção de medidas que impedem a transmissão do agente viral. Exames de imagens como ultrassonografia e ressonância magnética, por exemplo, tornaram os diagnósticos de doenças hepáticas mais certeiros. As doenças do fígado são muitas vezes silenciosas e as mais comuns são: esteatose hepática, hepatites por vírus (A, B, C, D, E), doença hepática alcoólica, esquistossomose, hepatite autoimune e hepatite medicamentosa. Quando as doenças não são identificadas precocemente vão agredindo progressivamente o fígado, causando inflamação crônica com formação de fibrose, que leva a uma alteração da estrutura, endurecimento do fígado e destruição de células, os hepatócitos, o que caracteriza a cirrose hepática.

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE