Arquivos dor de cabeça - ClinicaFares

Por que tenho dor de cabeça?

9 de outubro de 2017

A dor de cabeça (cefaléia) é uma das doenças mais comuns no mundo, ocorrendo em todos os grupos etários. É responsável por 1 a 2% de todas as avaliações em serviços de urgência e por até 4% de todas as visitas a consultórios médicos, envolvendo todas as especialidades.

Embora na maioria das vezes a cefaléia seja uma condição benigna, principalmente quando crônica e recorrente, o início recente de uma dor de cabeça pode ser a primeira ou principal manifestação de doença sistêmica ou intracraniana grave e, portanto, deve sempre ser investigada.

A cefaléia pode assumir diversas formas e é descrita de diversas maneiras pelos pacientes. A dor pulsátil ou latejante com frequência é descrita em pacientes portadores de enxaqueca, mas também pode ser uma característica de cefaléia do tipo tensional, que também ocorre descrições de dores com características de aperto ou pressão. Dor aguda e lancinante (em facadas) sugere uma causa neurítica, como a nevralgia do trigêmeo, por exemplo.

Atualmente existem diversos fatores precipitantes já conhecidos, entretanto, não devemos deixar de ressaltar sua característica particular, ou se

Posted in neurologia by Clinicafares | Tags: ,
31 de janeiro de 2017
A dor de cabeça é uma das queixas mais comum nos consultórios médicos. É difícil encontrar alguém que nunca tenha tido, pelo menos, uma vez durante a vida. Existem várias causas para dor de cabeça.

A grande maioria é benigna e causadas por 3 síndromes:

– Enxaqueca (migrânea);
– Cefaléia tensional;
– Cefaléia em salvas.
Entre as causas graves de dor de cabeça, destacam-se: – Tumores cerebrais; – Aneurismas;

Posted in neurologia by Clinicafares | Tags: ,
7 de março de 2016

O mosquito Aedes Aegypti, mais conhecido como mosquito da Dengue tem causado graves problemas de saúde em todo território brasileiro. O mosquito tem apenas 7 milímetros, mas é capaz de transmitir numerosas doenças diferentes, entre elas se destacam estas quatro: a Dengue, o Zika vírus, a Febre amaremosquinto-da-denguela e a Chikungunya.   A maneira mais eficaz de evitar a proliferação do Aedes Aegypti é acabar com os criadouros, e para isso é necessário tomar alguns cuidados: – Feche os sacos plásticos e mantenha a lixeira tampada. Evite acumular lixo e entulho no quintal; – A piscina deve ser limpa, uma vez por semana. Trate a água com cloro e a cubra sempre que não for usá-la; larva_mosquito_da_dengue– Lave bem os suportes dos garrafões de águ

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE