Arquivos feminina - Clinica Fares

Seis dicas para cuidar da sua higiene íntima feminina

1 de junho de 2018

O que você considera fundamental para sua higiene íntima? Já pensou em mudar alguns hábitos e melhorar sua saúde? ⠀ A vulva e a vagina são órgãos expostos a diversas agressões, portanto, devemos cuidar com delicadeza. Veja algumas dicas de como fazer isso: ⠀ 1- A vulva (região externa do genital feminino) deve ser higienizada com sabonetes adequados, afinal seu pH não é o mesmo da pele. Após o banho habitue-se a hidrata-la com óleos corporais ou hidratantes neutros. ⠀ 2- A vagina é o órgão interno (canal que permite o intercurso sexual) formado por uma mucosa produtora de fluídos. Portanto, a vagina não é seca e ao longo do dia produz uma secreção translúcida e sem cheiro. Este conteúdo não pode ter cheiro ruim ou provocar ardência ou coceira – ele varia ao longo do mês devido à estimulação hormonal, aumenta discretamente de quantidade e consistência. ⠀ 3- Não é indicado utilizar sabonetes em barra para higiene da vulva – opte por sabonetes íntimos ou líquidos. ⠀ 4- Não há necessidade de higienizar a vagina – a realização de duchas vaginais retira toda proteção natural da mucosa propiciando o desenvolvimento de corrimentos patológicos. ⠀ 5- O uso de protetores diários não é contraindicado. 6- Habitue-se a dormir sem roupa íntima – é saudável manter a r

Posted in ginecologia by Clinicafares | Tags: , , , ,
30 de abril de 2018
Em dias de sol e feriado, diversas brasileiras costumam visitar praias e frequentar piscinas, porém não se atentam aos cuidados com a higiene íntima.
Isto porque o calor e o aumento da umidade são facilitadores para a proliferação de agentes microscópicos, como bactérias e fungos, que causam odores e corrimentos.
Agora, você vai conhecer cinco cuidados, essenciais para manter a saúde íntima:
1-   Biquíni molhado – Uma atitude perigosa que pode causar problemas de saúde é ficar com o mesmo biquíni molhado por muito tempo. O ideal é lavar com água corrente e sabão neutro para eliminar os vestígios químicos da água da piscina ou sal do mar, já que é uma peça que está em contato direto com a região da vagina.
 2-   Tempo – o certo é não utilizar o biquíni/ maiô molhado por longos períodos. E nunca reutilizar sem antes lavar e secar bem.
 3-   Areia – Remova toda a areia da praia que ficou presa na roupa de banho/biquíni, porque ela pode irritar a vulva (um dos órgãos genitais externos do aparelho genital feminino), lave e seque bem.
 4-   Banho – Depois do dia de “praia” qua

Posted in ginecologia by Clinicafares | Tags: , , , , ,
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE