Arquivos mãe - Clinica Fares

Amamentação, é muito mais que uma alimentação

3 de agosto de 2018

Você pretende amamentar seu bebê? Ou então amamentou seus filhos quando eram bebês? Qual o objetivo da amamentação? Quais são os benefícios para a mãe e para o bebê?

Vamos esclarecer alguns pontos

  • Ocorre fortalecimento do vínculo entre a mãe e o bebê – após o nascimento, a amamentação representa um momento único de intimidade e afeto do binômio mãe-bebê.
  • Até os seis meses de vida toda imunidade do bebê vem pelo leite materno – bebês amamentados exclusivamente desenvolvem menos doenças infecciosas, como gripes, resfriados e diarreia.
  • Há prevenção da hemorragia pós-parto – mulheres que amamentam imediatamente após o parto sangram menos!
  • Há redução do risco de câncer de mama – amamentar é considerado um fator protetor contra o câncer de mama.
  • Ocorre o desenvolvimento da musculatura da face – o esforço de “sugar” promove o fortalecimento dos músculos da boca e da face.⠀

Além de todos esses benefícios, o leite materno contém exatamente o que o bebê precisa até os 6 meses: água, sais minerais, proteínas, gorduras e anticorpos todos na quantidade certa. Os leites indu

Posted in ginecologia by Clinicafares | Tags: , , , , , , , ,
20 de junho de 2018

Quando o choro do bebê não desaparece após as outras causas serem descartada pode ser cólica do lactente. Isto é, se a criança para de chorar após receber alimentos ou trocar as fraldas é sinal de que não era cólica a causa de sua reação. Não se conhece com a exatidão as causas da cólica. Acredita-se que estejam envolvidos na sua geração fatores ligados ao ambiente, incluindo o status biopsicossocial da família. Também podem influenciar seu aparecimento a imaturidade do sistema nervoso central, intolerância à lactose, anormalidades em hormônios gastrintestinais, alteração da motilidade e na colonização do intestino.

A criança pode usar algum medicamento ?

Considerando-se que a colonização do tubo digestivo é diferente nas crianças com cólica, vem sendo investigado o papel dos probióticos no seu tratamento. Até o presente, foi demonstrado que apenas um tipo específico de probiótico (não todos) pode reduzir a duração diária do choro e acelerar a resolução da cólica do lactente. Os demais medicamentos como: remédio para gases e dor não tem eficácia conhecida.

O que pode ser feito ?

  • Pegar o bebê no colo (pode

Posted in pediatria by Clinicafares | Tags: , , , ,
18 de junho de 2018

O câncer surge a partir da proliferação celular descontrolada de uma única célula. Alguns fatores já são conhecidos como causa desta doença durante a vida adulta e tudo começa na infância. Esses fatores são chamados de fatores de risco carcinogênicos e evitá-los representa a base da prevenção. Nos Estados Unidos da América (EUA) em 2014, foi estimado que 42% dos cânceres em adultos com 30 anos ou mais, foram atribuíveis a fatores de risco potencialmente modificáveis, muitas vezes, durante a infância. Primeiramente o mais importante é levar a criança sempre ao pediatra , este especialista é o profissional adequado para identificar e orientar sobre os fatores de risco .

Como proteger o seu filho

  • Não expor a criança e o adolescente a fumaça do tabaco e prevenir o tabagismo em adolescentes;
  • Prevenir e agir na obesidade infantil. A obesidade na criança parece estar associada ao aumento do risco para vários tipos de câncer na idade adulta (esôfago, tireoide, vesícula, mama, cólon, renal);
  • Dieta: as escolhas alimentares são muito importantes, considerando que alguns alimentos podem ajudar a proteger o corpo contra a doença, outros podem aumentar o risco de desenvol

Posted in pediatria by Clinicafares | Tags: , , , , , ,
11 de maio de 2018

As mamães devem estar constantemente saudáveis. Isso inclui, cuidar da dieta alimentar, praticar exercícios físicos e procurar não se estressar com a sua nova fase. O período de gestação é o momento em que modificações fisiológicas acontecem de forma acelerada mudando o corpo, a forma de agir e de pensar. Ou até mesmo após o parto, quando a mulher sabe que existe um ser materializado em tempo integral necessitando dos seus cuidados e do seu carinho para se sentir seguro, se desenvolver sem a proteção que tinha quando ainda estava sendo gerado e assim crescer saudável. O mais importante para uma mulher é que ela jamais se anule e sempre cuide de si em primeiro lugar, se fortaleça, esteja com a sua saúde preservada e assim, consequentemente, consiga cuidar dos seus filhos da melhor maneira que se deve, sendo prazeroso e não cansativo.

Mamãe saudável significa

Manter uma alimentação equilibrada, não ingerir grandes quantidades de alimentos em excesso  Sempre respeitar os níveis de ingestão de calorias, açúcares e gorduras. Dar preferência aos alimentos naturais frutas, verduras e legumes, além de diminuir o consumo dos processados, isso mantem o organismo hidratado. Praticar exercícios adequados ao seu estado físico  Mulher grávida nã

Posted in nutrição by Clinicafares | Tags: , , , , ,
25 de abril de 2018

O acompanhamento nutricional personalizado é indispensável para uma gestação tranquila desde o primeiro mês até o pós parto, pois é essencial um planejamento alimentar que atenda as demandas da gestante que varia a cada trimestre. Abaixo, separei uma sequência de recomendações para que toda mamãe se cuide durante seu período de gravidez.

Proteínas

Devido ao processo de construção de novas células do bebê e no próprio corpo da gestante para abrigá-lo há um aumento das necessidades diárias de proteínas, pois são nutrientes construtores e importantes para  inúmeros processos no corpo. Temos como fonte proteínas as de origem animal (carnes, aves, peixes, ovos, leite, queijo, iogurte) e as de origem vegetal (cereais integrais, feijão, lentilha, ervilha, grão de bico). Vale lembrar que as proteínas de origem animal são consideradas proteínas completas (contém todos os aminoácidos essenciais); enquanto que as de origem vegetal por não contê-los, devem ser associadas com  cereais (por exemplo feijão com arroz, ervilha com milho,etc.) para obtermos um conjunto de aminoácidos essências (proteínas completas).

Ferro

O ferro é parte da hemoglobina, que é um constituinte importante das células sanguíneas, sendo responsável pel

Posted in nutrição by Clinicafares | Tags: , , , ,
17 de abril de 2018

Quem está prestes a ter o segundo filho ou tem esse planejamento, sempre pensa no mais velho e como será a reação. Por isso, é preciso entender que o ciúmes é inevitável e faz parte do processo de aceitação, ou seja, é um sentimento normal (e esperado) sendo necessária paciência, amor e carinho para lidar com a reação do recém promovido: irmão mais velho. E cada família vai encontrar sua maneira, no entanto, algumas dicas podem contribuir nessa fase:

  • Converse bastante sobre a rotina do bebê e da importância da colaboração do irmão mais velho;
  • Deixe ajudar na decoração do quarto, escolha do nome etc;
  • Não vincule o irmão mais novo à alguém para brincar, pois não é isso que acontecerá no começo;
  • Mantenha a rotina da criança o máximo possível;
  • Reforce a relação com os demais membros da família, pois a mamãe precisará de ajuda e é importante que a criança já se sinta acolhida com outras figuras.
  • Prepare-o para o recebimento de visitas (poucas, tá?) com presentes para o irmão e, se possível, mostre aqueles que recebeu quando nasceu;
  • Faça uma “troca de presentes” entre os irmãos: escolha algo que sabe que ele deseja e diga que o irmã

Posted in pediatria by Clinicafares | Tags: , , , ,
29 de março de 2018

A tão esperada festinha de um ano chegou! E com isso novas conquistas e habilidades são adquiridas pelo bebê. É a partir dos 12 meses que seu filho vai começar a se soltar para dar os primeiros passinhos sozinho, sem apoio e então começar a andar. Com esse idade, eles aprendem a comer sozinhos com a colher. Muitas vezes, erram o caminho da boca, derrubam a comida, mas faz parte do aprendizado. Uma criança de 1 ano já deve comer exatamente o que os pais comem, sem alteração na consistência, ou seja, não deve mais amassar, bater ou triturar o alimento. A habilidade motora fina está mais desenvolvida, gostam de atividades de encaixe, de fazer barulho com peças, de pôr e tirar objetos de um lugar para o outro, de arrremessar coisas e já conseguem ficar em atividades mais calmas por alguns minutos. O bebê já entende melhor a separação, então fica mais choroso ao se separar dos pais, e é um bom momento para trabalhar esse distanciamento, ensinando-o a se tornar mais independente. Com 12 meses a fala do bebê passa a ter intenção comunicativa, não tem mais caráter de experimentação, como nas fases anteriores. Começa a onomatopeias e é muito ativo em situações comunicativas, respondendo, com balbucios, em situações de conversação. No decorrer dos 12 aos 18 meses aco

Posted in fonoaudiologia, pediatria by Clinicafares | Tags: , , , , , ,
21 de março de 2018

Depois de toda a gestação e parto, chegou o momento de curtir o bebê. Além de todos os medos e inseguranças normais dessa fase, os pais pensam: será que meu bebê, tão pequenino, já é capaz de estabelecer alguma forma de comunicação comigo? A resposta é sim. Desde o nascimento, o bebê se comunica, principalmente com os pais, que são as pessoas mais próximas. De acordo com estudos, do nascimento até o primeiro mês de vida, os recém-nascidos são capazes de se comunicarem através do choro, mas nessa fase ainda o choro é igual para tudo, sendo ainda uma resposta biológica a dor e a fome. O bebê é capaz de reagir a sons fortes se assustando, à luz e a voz de seus pais, se acalmando quando escuta a voz da mãe. Nessa fase o bebê já produz vocalizações, mas ainda sem intenção comunicativa e de uma maneira esporádica. O bebê também tem a habilidade de imitar expressões faciais de seus pais e de fazer contato visual quando o rosto dos pais está dentro de seu campo de visão, entre 20/30 cm. Portanto, durante a amamentação (seja ela natural – em seio materno – ou artificial – na mamadeira) o recém-nascido já é capaz de manter contato visual com a mãe, olhando nos olhos dela. Já por volta dos 2/3 meses, o <

Posted in fonoaudiologia, pediatria by Clinicafares | Tags: , , , , , ,
9 de março de 2018

Vamos para mais uma dica de boas práticas na hora da alimentação da criança.

9º mandamento: jamais substitua alimentos que a criança recusa por alimentos que ela gosta

Se a criança descobre uma maneira de fazer o cuidador trocar o alimento oferecido pelo alimento que ela gosta, a tendência é que ela repita esse comportamento. Na tentativa desesperada de que a criança coma, os cuidadores acabam aceitando que ela coma qualquer coisa, desde que coma. Isso é um erro. Nossas atitudes reforçam as atitudes inadequadas das crianças e são nossas atitudes que podem tornar a alimentação infantil adequada. Algumas crianças choram, outras fazem birra, outras param de comer e assim por diante. É importante lembrar que esses comportamentos fazem parte do desenvolvimento infantil e não há maldade ou manipulação nisso. Eles apenas tentam e cabe a nós manter nossas regras com firmeza e carinho com o intuito de educar e não de agradar. Se houver incoerência em nossas atitudes, ficamos reféns daqueles comportamentos que nós mesmos criamos nas crianças. O que fazer: estabeleça as regras, como número de refeições, tipos de alimentos, tempo para as refeições; de preferência tenha um plano alimentar a ser seguido

Posted in nutrição, pediatria by Clinicafares | Tags: , , , , ,
31 de maio de 2016

O xixi na cama pode ser um grande problema na vida dos pequenos. Não é nada mole a vida da criança que não consegue se controlar e acaba sempre fazendo xixi na cama. Essas crianças, na verdade, sofrem de um distúrbio chamado “enurese noturna”. O problema costuma afetar os pequenos a partir dos 5 anos de idade.  Esse distúrbio é mais frequente nos meninos do que nas meninas e as opções para tratar esse problema variam de acordo com as características e necessidades de cada criança. meninotristeclinicafaresA enurese noturna pode ocasionar sérios efeitos psicológicos que são agravados com a falta de informação dos pais e a dificuldade de lidar com esse problema, sobretudo quando a criança é punida por ter feito xixi na cama. A autoestima da criança pode ficar abalada, ficando mais irritada, triste e agressiva . Ao perceber que a criança com mais de cinco anos idade, ainda molha a cama à noite, procure ajuda médica na Clínica Fares.

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE