Arquivos mau hálito - Clinica Fares

Por que tenho mau hálito (halitose)?

20 de fevereiro de 2018

A halitose consiste no odor desagradável que é expelido pela boca. É uma condição bem desconfortável não só para o paciente, mas também para os familiares e pessoas de seu convívio. Estima-se que até 30% da população brasileira apresentem halitose, não tendo predominância nem por sexo nem por idade. Sua principal causa é a decomposição de matéria orgânica (restos alimentares, células da boca que descamam, sangue etc) pelas bactérias da boca com consequente liberação de compostos sulfurados voláteis (CSV). Estas bactérias, normalmente, se encontram nas cáries, numa gengiva doente e, principalmente, na língua formando o que chamamos de saburra lingual. A halitose pode ser do tipo oral (mais comum – cerca de 90%), tipo via aérea e tipo gastrintestinal. Dessa forma os principais fatores associados com a halitose é a má higiene oral, gengivites, saburra lingual, pouca produção de saliva, sinusites, hábitos, como tabagismo ou alcoolismo. Entre as principais condições gastrintestinais que levam a halitose destaco o Divertículo de Zenker, Megaesôfago e o Helicobater pylori

16 de janeiro de 2018

O que é halitose ou mau hálito?

A halitose ou mau hálito é uma situação anormal do hálito que muda para um odor desagradável. Todavia, não é uma doença, mas é um sinal de que há alteração fisiológica, indicando que alguma coisa no organismo está desequilibrado. Segundo a Associação Brasileira de Halitose (ABHA), pesquisas apontam que, pelo menos, 30% dos brasileiros (50 milhões de pessoas) têm esse problema. A ida ao médico, gastroenterologista, é importante para identificação do problema e orientação para o melhor tratamento.

Quais são suas causas?

Ainda, segundo a ABHA, há, em média, 60 causas diferentes para o problema. Estudos têm demonstrado que a halitose está relacionada a diminuição de produção de saliva. Assim situações, como longo tempo em jejum e após períodos de sono (dormir), onde ocorre diminuição da produção de saliva e aumento de mau-hálito. Apesar de 90% das suas causas se darem no ambiente bucal, a halitose é de cunho multifatorial e pode ter causas sistêmicas. Contudo, as causas podem envolver: estresse, problemas renais ou hepáticos, diabetes etc. Além de fatores da própria natureza humana, como alimentação errada, jejum longo, problemas em vias aéreas, placas bacterianas na lín

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE