Arquivos mulher - Clinica Fares

Conheça 8 cuidados para mãe após a gestação

11 de maio de 2018

Conheça oito dicas de pequenos cuidados que ajudam reaproximação da mãe após a gestação: 1. Volte a fazer algo que você gosta. Pare e pense: o que eu realmente gostava de fazer antes do meu filho nascer? 2. Tenha momentos só seus, não precisa de muito, ou seja, até de quase nada, pois tudo aquilo que foi feito durante o período de gestação vai dar a mulher o suporte que necessita após o parto e assim consiga administrar muito bem sua vida. Para que seja bem resolvida, se sinta bem, podendo associar tudo aquilo que foi acrescentado a rotina sem perder o bem-estar, o espaço a vida de mulher, esposa, amiga e agora mãe. 3. Tenha momentos a sós com seu companheiro. Quando os filhos chegam esses momentos se tornam raros, porém não há desculpas se souber em primeiro lugar determina e dividir o seu tempo. Assim tão rápido o bebê vai começar a ter os seus horários e sair de cena quando ele não for mais a atração principal do momento, afinal todos devem ter seu momento. 4. Pratique atividade física, ela faz toda diferença; pois não cuida apenas do físico, mas do espírito, da alma, do corpo e os músculos vão agradecer. Desta forma terá mais energia, mais ânimo, elevação da autoestima, que diversas vezes, por mudanç

Posted in nutrição by Clinicafares | Tags: , , , , ,
11 de maio de 2018

As mamães devem estar constantemente saudáveis. Isso inclui, cuidar da dieta alimentar, praticar exercícios físicos e procurar não se estressar com a sua nova fase. O período de gestação é o momento em que modificações fisiológicas acontecem de forma acelerada mudando o corpo, a forma de agir e de pensar. Ou até mesmo após o parto, quando a mulher sabe que existe um ser materializado em tempo integral necessitando dos seus cuidados e do seu carinho para se sentir seguro, se desenvolver sem a proteção que tinha quando ainda estava sendo gerado e assim crescer saudável. O mais importante para uma mulher é que ela jamais se anule e sempre cuide de si em primeiro lugar, se fortaleça, esteja com a sua saúde preservada e assim, consequentemente, consiga cuidar dos seus filhos da melhor maneira que se deve, sendo prazeroso e não cansativo.

Mamãe saudável significa

Manter uma alimentação equilibrada, não ingerir grandes quantidades de alimentos em excesso  Sempre respeitar os níveis de ingestão de calorias, açúcares e gorduras. Dar preferência aos alimentos naturais frutas, verduras e legumes, além de diminuir o consumo dos processados, isso mantem o organismo hidratado. Praticar exercícios adequados ao seu estado físico  Mulher grávida nã

Posted in nutrição by Clinicafares | Tags: , , , , ,
30 de abril de 2018
Em dias de sol e feriado, diversas brasileiras costumam visitar praias e frequentar piscinas, porém não se atentam aos cuidados com a higiene íntima.
Isto porque o calor e o aumento da umidade são facilitadores para a proliferação de agentes microscópicos, como bactérias e fungos, que causam odores e corrimentos.
Agora, você vai conhecer cinco cuidados, essenciais para manter a saúde íntima:
1-   Biquíni molhado – Uma atitude perigosa que pode causar problemas de saúde é ficar com o mesmo biquíni molhado por muito tempo. O ideal é lavar com água corrente e sabão neutro para eliminar os vestígios químicos da água da piscina ou sal do mar, já que é uma peça que está em contato direto com a região da vagina.
 2-   Tempo – o certo é não utilizar o biquíni/ maiô molhado por longos períodos. E nunca reutilizar sem antes lavar e secar bem.
 3-   Areia – Remova toda a areia da praia que ficou presa na roupa de banho/biquíni, porque ela pode irritar a vulva (um dos órgãos genitais externos do aparelho genital feminino), lave e seque bem.
 4-   Banho – Depois do dia de “praia” qua

Posted in ginecologia by Clinicafares | Tags: , , , , ,
28 de fevereiro de 2018

A hérnia inguinal na idade adulta é decorrente, na maioria das vezes, de uma fraqueza da musculatura na região da virilha. Cerca de 8% da população tem hérnia a partir da quarta década de vida e os homens têm uma chance 25 vezes mais de desenvolver essa doença do que as mulheres. Podem ocorrer em apenas um ou nos dois lados simultaneamente.

Principais fatores de risco

  • Constipação Intestinal Crônica
  • Esforço para urinar
  • Tosse crônica
  • Gestação
  • Histórico familiar
  • Obesidade
  • Atividade com esforço físico
  • Desnutrição

Diagnóstico

Abaulamento em região da virilha, principalmente quando em pé e durante esforços, acompanhado de dor ou queimação local, são as principais queixas do paciente com hérnia inguinal, porém pode ser sentida apenas como um desconforto local. O diagnóstico, na maioria das vezes, é clínico, ou seja, não é necessário nenhum exame de imagem, apenas do exame do médico cirurgião.

Riscos

O principal risco é o encarceramento com obstrução do intestino, uma urgência cirúrgica.

T

5 de fevereiro de 2018

O câncer de mama tem uma incidência de quase 60.000 casos por ano no Brasil, e apesar de ser mais prevalente após os 40 anos de idade, pode acometer também mulheres mais jovens. Por este motivo, o autoexame das mamas é muito importante, não só para a mulher conhecer o seu corpo, como também para identificar alguns sinais de alerta e procurar rapidamente um mastologista, quando necessário. Os principais sinais estão resumidos na imagem abaixo:                                                                                                                                                       O autoexame deve ser realizado uma vez ao mês. Quando a mulher ainda menstrua, de preferência realizar uma semana após o primeiro dia da menstruação, da seguinte maneira:

4 de dezembro de 2017

A candidíase é causada por um fungo chamado Cândida, provocando infecções vaginais que são bem comuns na gravidez. Os sintomas mais recorrentes são uma secreção vaginal densa, branca e grumosa; coceira, ardor ou vermelhidão na região da vagina e do ânus; dor nas relações sexuais e ardência ao urinar. Não use nenhum medicamento no local sem antes ter falado com o ginecologista/obstetra. Se a candidíase for identificada durante a gravidez, seu médico receitará algum tratamento adequado para seu estágio de gravidez, o que amenizará a coceira e a irritação na área. A infecção por cândida na mãe não prejudica o bebê, mas precisa ser tratada para evitar complicações. A infecção por cândida em recém-nascidos provoca feridinhas brancas na cavidade oral do bebê (o chamado sapinho), e o problema pode, por sua vez, ser transmitido para os seios da mãe. Para prevenir, costumo indicar o uso de calcinhas de algodão ao invés das de tecido sintético, evitando-se roupas íntimas apertadas, leggins e jeans skinny com frequência. Não faça prática de duchas vaginais e desodorantes íntimos. E claro, para qualquer circunstância, converse sempre com seu médico!

5 de outubro de 2017

A doença começa quando uma célula, na grande maioria das vezes, nos ductos mamários ou das glândulas mamárias, que são os “tubos” que carregam o leite até o mamilo e as glândulas que as fabricam, passa a ter um crescimento fora de controle. Essas células passam também a ter um comportamento invasivo e agressivo. É muito mais frequente nas mulheres, mas também pode ocorrer nos homens.  Nós sabemos que existe um conjunto de fatores que envolvem uma combinação do próprio organismo da pessoa e o estilo de vida. Ingestão de álcool, sobrepeso, sedentarismo, nuliparidade (mulher que não teve gestação), não a amamentação, uso de contraceptivos orais e a terapia hormonal após a menopausa, são alguns dos fatores de risco que, hoje, a ciência definiu como certos. Muitos destes fatores de risco são possíveis mudando o estilo de vida. Existem outros que dependem  do próprio organismo, como algumas mutações genéticas, histórico na família de câncer, entre outros.

Idade de maior risco

Existe uma relação direta entre idade e desenvolvimento do câncer de mama. Quanto maior a idade, mais o risco. Sabemos que boa parte dos casos são diagnosticados em mulheres com mais de 55 anos. Por causa disso, a partir dos 40 anos, a mulher já deve ter a opção de iniciar o rastreio. Se você tem 45 ano

Posted in ginecologia by Clinicafares | Tags: , , , ,
4 de outubro de 2017

A visita ao especialista é fundamental para todas as mulheres; na prevenção de doenças, controle de natalidade e tratamento das “surpresas” que a população feminina com vida sexual ativa ou não pode ser submetida. A periodicidade das consultas, bem como dos exames, devem ser individualizadas de acordo com cada caso e respectiva idade:

Pré-Adolescentes ou adolescentes

A puberdade nas meninas pode iniciar entre os oito e os 14 anos; é uma fase de intensas mudanças físicas e psicológicas. As consultas nessa idade servem para aconselhamento quanto às mudanças que ocorrerão no corpo, orientações em relação à higiene íntima, tratamento/controle de alguns sinais e sintomas que se iniciam com as alterações hormonais intensas, como acne, cólica, irregularidade menstrual, irritabilidade, transpiração excessiva e odor corporal. São recomendadas consultas anuais com ênfase em acompanhamento do desenvolvimento.

Adultas

A idade adulta começa com 18 e termina aos 60 anos. Pode ser subdividida entre adultas jovens (18-21 anos), adultas (21-45 anos) e meia idade (45-60 anos). É a fase da vida que boa parte das mulheres tem relação sexual e os cuidados mudam. Corrimentos, contracepção, alterações menstruais, doenças sexualmente transmissíveis, gravidez e início dos sintomas da menopausa são as princip

Posted in ginecologia by Clinicafares | Tags: , , ,
2 de outubro de 2017

Vocês sabiam que a queda no idoso é um sério problema de saúde pública? Pois é, ela está associada a elevados índices de morbimortalidade com redução da capacidade funcional e institucionalização precoce. As causas mais comuns estão relacionadas ao ambiente doméstico, distúrbio de equilíbrio e marcha, osteoporose, alteração postural e redução da visão. A melhor forma de prevenção é estarmos atentos a esses fatores, fazer atividade física e acompanhamento com um médico geriatra. Dicas de cuidados de que se deve com os idosos em casa:

  • Não deixe ele(a) andar sob locais escorregadios ou molhados;
  • Deixe a casa bem iluminada para melhor enxergarem;
  • Tirar obstáculos do chão, como tapetes;
  • Não usar roupas muito longas para evitar que tropecem;
  • Prestar atenção nos movimentos bruscos das crianças e animais;
  • Se preocupar com a distribuição dos móveis na casa;
  • Ter sempre corrimão nas escadas;
  • Controle remoto para TV’s;
  • Colocar fita adesiva antiderrapante e colorida nos degraus;
  • Evitar que carreguem produtos pesados ou grandes.

Posted in geriatria by Clinicafares | Tags: , , , , , , ,
12 de setembro de 2017

A calvície é um dos tipos de queda de cabelo que afeta tanto os homens quanto as mulheres. É geneticamente determinada, ou seja, se você tiver a predisposição em algum momento de sua vida, essa queda vai começar, podendo, de acordo com fatores associados, ocorrer de forma lenta ou rápida. Nos homens, inicia-se como as entradas laterais ou a “coroinha” – falha na parte de trás do couro cabeludo, podendo chegar à calvície avançada, quando não se tem mais fios na parte central da cabeça. Já nas mulheres, o sintoma é de sensação de fios ralos e couro cabeludo aparente. Quando iniciado aos primeiros sinais de queda é possível nutrir esses fios que estão enfraquecendo, evitando a queda precoce. A intradermoterapia – aplicação de medicações e fatores de crescimento diretamente na raiz do fio é uma das modalidades que tem melhor resposta para quem já tentou outros tratamentos sem sucesso. Existem outros tipos de queda de cabelo que se parecem muito com a calvície e que podem estar associada a doenças que afetam todo o organismo. A avaliação médica com exames laboratoriais são indicados para a definição do melhor tipo de tratamento para cada caso.

Dicas para evitar calvície:

– Deve se usar produtos próprios para o seu tipo de cabelo. Po

Posted in dermatologia by Clinicafares | Tags: , , ,
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE