Arquivos saúde da criança - Clinica Fares

8º mandamento da boa alimentação infantil: Sempre introduza novos alimentos

1 de março de 2018

Continuando a lista dos mandamentos da boa alimentação infantil, vamos a próxima dica!

8º mandamento – Sempre introduza novos alimentos

Desde cedo os pais tendem a separar os alimentos entre os que a criança “gosta” e os que “não gosta”. E na rotina corrida dos adultos, a opção por alimentos que a criança “gosta” e por isso mesmo aceita mais rápido, acaba virando um ato repetido diariamente. Entretanto, estudos mostram que as crianças podem aprender a aceitar alimentos, muitas vezes, após a vigésima tentativa de oferta. Insista! Além disso, a variedade no cardápio nos primeiros anos de vida reduz a possibilidade de seletividade alimentar e neofobia alimentar no futuro. O que fazer: não desista de um alimento se você achar que a criança não gostou na primeira oferta. Ofereça uma vez ao mês, sem forçar, pelo menos até o final do segundo ano de vida. Se houver rejeição muito evidente, como náuseas ou vômitos espere mais. Às vezes, após seis meses a criança pode aceitar um alimento inicialmente recusado. Ofereça pelo menos um alimento novo uma vez por semana desde a introdução alimentar. Isso ajuda a variar o cardápio e a aceitação da criança pode surpreender. Ofereça o alimento novo sempr

10 de fevereiro de 2018

O carnaval está chegando e tem gente que aprende a curtir desde cedo. Mas como se organizar para aproveitar da melhor maneira possível? Em cidades de interior, ainda é comum o carnaval de clube e tem um horário diferenciado para as crianças, não sendo necessária a busca por algo mais direcionado. Em outras cidades, ou até nessas próprias, já temos os bloquinhos de carnaval voltados para crianças, que costumam ser longe da “muvuca” do “carnaval de adultos”, em ambiente mais abertos, com música infantil e muita fantasia (do pequeno ao vovô). Existe uma programação sobre esses blocos em sites de carnaval. E já sabe, saiu com criança tem que ter uma lancheirinha preparada. Leve lanches saudáveis e que você conhece a procedência, como frutas, castanhas e cenourinha. Abuse da água, sempre dando uma parada para “reabastecer”. Também tenha cuidado com a aplicação (e reaplicação) do protetor solar, lembrando que menores de seis meses não podem utilizá-los, apenas proteção de barreira com roupas compridas, porém frescas. Além do uso de ch

25 de janeiro de 2018

Na sequência dos 10 mandamentos, vamos continuar com a terceira dica para a alimentação infantil ser saudável e sem stress.

3º Escolher o local adequado para comer

Bebês e crianças pequenas raramente param para comer espontaneamente e a preocupação das famílias em ver o prato vazio é tão grande que qualquer lugar está valendo (carro, sala, quarto, elevador) desde que o bebê aceite tudo. Muitas crianças andam pela sala com os pais atrás, tentando dar alimento. O que fazer: o objetivo a médio e longo prazo é que a criança aprenda a comer sozinha e sentada à mesa. Então é assim que deve ser desde sempre. Se possível, escolha cadeiras que possam ser usadas direto á mesa evitando os cadeirões e evite que a criança saia da mesa para brincar ou fazer outras atividades antes que termine a refeição. Quem dedica tempo nesse início não precisa se preocupar com isso mais tarde. Criamos os 10 mandamentos para uma boa alimentação infantil, não perca as próximas publicações, cada semana, um novo mandamento! Veja o 1º mandamento aqui e o segundo aqui

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE