Arquivos sinais - Clinica Fares

Febre amarela: recomendações e vacinação

22 de novembro de 2017

A doença que é infecciosa febril de causa viral é transmitida por meio de mosquitos que tem dois ciclos de transmissão, o silvestre (FAS) e o urbano (FAU). Na mata (silvestre) os mosquitos gêneros Haemagogus e Sabethes são os que proliferam o vírus ao acometer os macacos (eles agem como hospedeiros do vírus) ou atacam seres humanos não vacinados que adentram seus habitat naturais, que normalmente, são áreas de matas. Na cidade (urbano) a doença é transmitida pelo mesmo mosquito que transmite a dengue, o Aedes Aegypti; vive em locais que apresentam água parada. Apesar disso, o vírus é o mesmo e desde 1942 não se tem registro de casos de febre amarela urbana no Brasil. Estudos apontam que as épocas que mais têm ocorrências da doença são entre dezembro e maio. Nestes meses de maior incidência de chuvas, há aumento de mosquitos que favorece a circulação do vírus. Apenas entre dezembro e agosto de 2017 , segundo o Ministério da Saúde, foram registrados 777 casos e 261 mortes recorrentes a febre amarela. Quais os sinais de febre amarela: O diagnóstico da doença pode ser realizado através da identificação de seus sintomas que podem ser confundidos até com uma gripe: Fase inicial • febre com calafrios • mal-estar • dor de cabeça • dores musculares fortes • cansaço • vôm

Posted in pediatria by Clinicafares | Tags: , , , ,
20 de janeiro de 2016

Por Redação Pais e mães costumam se assustar quando percebem que seus filhos e filhas já estão bem crescidinhos e aparecem os primeiros sinais de puberdade, uma fase onde o corpo das crianças começa a mudar e vai ficando cada vez mais parecido com um corpo de um adulto. Geralmente, a puberdade tem início em meninas entre 8 e 13 anos de idade, e em meninos com idade entre 9 e 14 anos. O problema é que os sinais da puberdade precoce acontecem bem antes desse período e podem acarretar alguns problemas. Pais e mães, atenção: nas meninas, o principal sinal da puberdade precoce é a telarca, ou seja, o aparecimento do broto mamário, geralmente percebido como adolescenciaprecoce um pequeno “caroço” atrás do mamilo, que pode ser doloroso ou não. Nos meninos, o que deve chamar a atenção são o aparecimento de pelos , além do desenvolvimento genital. Nas meninas, essa precocidade pode ainda resultar na primeira menstruação de forma muito precoce, o que acaba se tornando um problemão no desenvolvimento físico  e psicológico. Essa menstruação precoce pode

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE