Arquivos sindrome - Clinica Fares

Aprenda como evitar a síndrome do viajante

2 de janeiro de 2018

A falta de movimentação e o estreitamento das veias devido a longos períodos sentado em um carro, ônibus, trem ou avião, letificam o retorno de sangue para o coração.

Além disso, acontece o aumenta da pressão venosa das pernas que possibilita a formação de coágulo (trombo) que se formado nas veias profundas das pernas podem se deslocar e se fixar nas artérias pulmonares, causando um embolia pulmonar, que é uma doença tromboembólica (síndrome do viajante).

A frequência é maior em pessoas que tenham varizes ou aquelas que já apresentaram algum episódio de prévio de trombose ou obesos, pois eles te uma dificuldade maior no retorno venoso (quantidade de sangue que chega ao coração).

Fatores que aumentam os riscos de trombose são:

17 de novembro de 2017

Dezenas de e-mails para responder, mensagem do chefe no final de semana e cliente reclamando. Estas e outras situações da rotina de trabalho levam funcionários a terem a síndrome de burnout. O estado de esgotamento físico e emocional é como que se toda a reserva de energia tivesse chegado ao fim, após um longo período em que a pessoa, acorda, dorme e respira trabalho. As cobranças em excesso, acúmulo de tarefas e foco exclusivo pelo emprego fazem com que profissionais que lidam diretamente com pessoas, não administrem seu tempo, se dediquem totalmente ao trabalho e adoeçam. Uma pesquisa da filiada nacional da International Stress Management Association (Isma) apontou que no Brasil, 30% dos profissionais sofrem com essa doença. Isso inclui, principalmente, professores, enfermeiras, policiais, recursos humanos, jornalistas, agentes penitenciários bombeiros e assistentes sociais. A principal característica de quem apresenta a síndrome de burnout é a tensão emocional e o estresse crônico, provocado pela condição física, emocional e psicológica do empregado que carrega dezenas de mal-estares, como problemas de relacionamentos com clientes, chefes e colegas. Alguns sinais da síndrome, que podem não ser percebidos facilmente são dores de cabeça frequentes, dores musculares, isolamento, demora em realizar tarefas, che

Posted in psiquiatria by Clinicafares | Tags: , , ,
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE