Arquivos tempo seco - Clinica Fares

Tempo seco: cuidados especiais com as crianças

9 de agosto de 2018

No inverno, a baixa umidade do ar pode trazer riscos à saúde das crianças. De acordo com a Organização Mundial de Saúde, alguns cuidados devem ser tomados quando a umidade relativa do ar atinge 30%. Inclusive, porque este tempo seco pode gerar doenças respiratórias ou agravar doenças que já existem. Com isso, se tivermos alguns cuidados, é possível evitar esse tipo de problema nos pequenos. Selecionei alguns cuidados para cuidar do seu filho no tempo seco: 1 –Dê bastante água para a criança. A água é uma substância essencial para o organismo e bom funcionamento do corpo humano desde a infância, pois é indispensável para a hidratação e evitar problemas respiratórios. Segundo o site Bebê Abril, é indicado:

  • Crianças de 6 a 12 meses: em média 800 ml a 1 litro de água por dia;
  • Crianças de 1 a 3 anos: em média 1,3 litros;
  • Crianças de 4 aos 8 anos: em média 1,7 litros.

Para as crianças maiores, pode ser interessante deixar uma garrafinha na mochila, para beber água sempre que estiver com sede. 2 – Durante o tempo seco, a pele da criança também pode ficar ressecad

Posted in pediatria, pneumologia by Clinicafares | Tags: , , , , , , ,
13 de outubro de 2017

Você pinga uma gota que dura o dia inteiro. Logo, passa a pingar o dia inteiro e não dura uma gota”, costumo dizer essa frase, pois quando o nariz entope, muitas pessoas procuram pelo descongestionante nasal para aliviar a irritação, porém seu uso constante pode causar graves danos à saúde. Os efeitos dos descongestionantes, usados por um longo período de tempo elevam os cardiovasculares. Seu uso abusivo provoca na mucosa nasal uma reação inflamatória, fazendo com que seja preciso quantidades cada vez maiores do remédio para se obtiver bem-estar. Isto é conhecido como “efeito rebote”. Assim, com o tempo será preciso cada vez mais doses para que o remédio faça efeito e isso pode provocar doenças cardiovasculares como o infarto agudo do miocárdio, acidente vascular cerebral e morte súbita. A única solução para o descongestionante nasal baseada em evidência é o uso do soro fisiológico seguida de uma visita ao otorrinolaringologista. Dr. André Freitas Cavallini da Silva Otorrinolaringologia CRM: 161147

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE