resfriado.jpg

5 de fevereiro de 2021 0

Quem pensa que só porque é verão está livre do resfriado, há um engano. Por incrível que pareça, o resfriado pode surgir também em estações mais quentes.

O resfriado não costuma escolher idade ou sexo, contudo, pode contaminar as pessoas em épocas de calor porque abusam do ventilador e ar-condicionado e, mudanças abruptas de temperatura fazem com que o sistema imunológico se fragilize.

Além disso, se o ventilador não estiver com as hélices limpas e/ou se o ar-condicionado não estiver com a manutenção em dia, eles podem disseminar mais poeira/sujeira e, possivelmente, micro-organismo que colaboram com o surgimento do resfriado.

Ademais, as pessoas podem ser contaminadas por contato com alguns vírus, inclusive por vias aéreas, ao contato com alguém contaminado quando tosse ou espirra e as gotículas atingem o nariz ou garganta da pessoa sem a doença.

O resfriado também pode se propagar através de um aperto de mão da pessoa contaminada ou toalha e objetos contaminados.

A melhor forma de fugir do resfriado após seu contágio é aliviando seus sintomas, que podem ser:

  • Nariz congestionado
  • Corrimento no nariz
  • Espirros
  • Perda de olfato
  • Irritação na garganta
  • Dor na garganta
  • Tosse frequente
  • Quando há febre, geralmente é baixa e mais comum em crianças
  • Fadiga
  • Dor no corpo
  • Sensação de mal estar
  • Perda de apetite

Mas como ter uma boa recuperação?

  • Beba sucos naturais (laranja, limão, acerola etc). Por conter vitamina C, podem contribuir para o processo de recuperação;
  • Evite o stress, trabalhe/estude, mas procure ter momentos de lazer, a imunidade pode cair com o stress.
  • Tenha uma boa noite de sono, tranquila e completa/reparadora;
  • Beba muito líquido, pois ajuda a manter o equilíbrio do sistema imunológico;
  • Evite mudanças bruscas de temperatura;
  • Lava sempre a mão com água e sabão ou álcool em gel.

Como evitar o resfriado?

Uma das formas mais eficazes de evitar o resfriado é sempre lavar as mãos com sabão ou álcool em gel, inclusive após frequentar ambientes com muitas pessoas, como ônibus, bancos e escolas.

Previna-se!

Na maioria das vezes, o resfriado vai embora sozinho após os devidos cuidados. Mas frequentemente as pessoas têm doenças crônicas, na maior parte dos casos respiratória, como asma e rinopatias, podendo piorar o quadro de resfriado ou ser confundidos.

Por isso é essencial que, se a pessoa apresenta frequentes quadros respiratórios, procure e o pneumologista.

 

Dr. Rodrigo J C Santiago

Pneumologista e Membro do Corpo Clínico da Clínica Fares

CRM-SP 129870

RQE 69441