inverno-comida.jpg

21 de junho de 2019 0

No inverno, muitos reclamam que se enchem de roupas, outros que dá mais preguiça e até que aumenta o apetite e comem demais, muitas vezes alimentos mais gordurosos, porém a salada não está presente nos pratos.

Como driblar este inimigo da balança?

No inverno se deve comer melhor para que seu corpo esteja protegido dos agentes externos que trazem doenças virais e bacterianas transmitidas pelo ar. Isso acontece porque mesmo com redução da intensidade, as doenças vindas dos mosquitos ainda existem, além disso ficar em ambientes mais fechados que proporciona uma proliferação via aérea muito intensa.

Para se proteger de todos os agentes externos é preciso o sistema imunológico para passar por esta estação à salva.

Mas e a nutrição?

A nutrição correta propicia reforçar nossa proteção frente a qualquer agente externo. Vamos listar os alimentos que nos auxiliam nesta questão:

  • Acerola
  • Morango
  • Laranja
  • Limão
  • Tangerina
  • Kiwi
  • Caju
  • Lichia
  • Tomate
  • Pimentão verde

Ricos em VITAMINA C, que reforça o sistema imunológico e contribui para manutenção da mucosa do trato respiratória mantendo-a saudável.

Curiosidades

Utilizar alho e cebola nas preparações além de deliciosos, eles fortalecem as proteções. O alho possui ZINCO e SELÊNIO e a cebola possui QUERCETINA, todos eles melhoram o sistema imunológico.

O famoso gengibre está na lista também, ele possui VITAMINA B6 e VITAMINA C, protegendo contra agentes bacterianos.

As queridas oleaginosas, as castanhas, principalmente castanha do Pará é rica em SELÊNIO um potente antioxidante que reforça o sistema imunológico.

A batata yacon, ainda pouco conhecida, e os iogurtes naturais melhoram as bactérias intestinais dando um reforço ao sistema imune.

Alimentos, como brócolis, couve, rúcula e espinafre são fontes de ACIDO FÓLICO, VITAMINA A, VITAMINA B6 e B12 todos estes ajudam no crescimento celular tornam as células mais resistentes ao combate.

Própolis por estar presente em xaropes já relacionamos com prevenção de gripes e resfriados; isso porque ele trabalha no início a resposta imune produzindo substâncias que regulam o sistema imune a agir; ele tem efeito antibacteriano e antiviral.

Outro queridinho do momento é o óleo de coco que está presente por possui dois ÁCIDOS o LÁURICO e CÁPRICO que agem contra fungos, vírus e bactérias.

Para os amantes de comida japonesa, o shitake possui em quantidade consideráveis LENTINANA que é capaz de estimular a produção de linfócitos e macrófagos (células de defesa).

Sempre que tiver dúvidas você pode consultar seu nutricionista de confiança que você pode encontrar na Clínica Fares. Agende agora!

Dra. Cecilia Renno dos Santos

Nutricionista e Membro do Corpo Clínico da Clínica Fares

CRN 40971