glicemia-de-jejum.jpg

1 de junho de 2020 0

Este é um exame que muitas vezes é solicitado pelos médicos durante as consultas. Mas você sabe para que ele serve?

A glicemia de jejum é um exame utilizado para medir os níveis de açúcar no sangue, e é principalmente utilizado para diagnosticar diabetes.

Como é feito?

É um exame de sangue que mede a taxa de glicose na corrente sanguínea.

O que os resultados querem dizer?

Os resultados obtidos nos exames demonstram como estão os níveis de glicemia no seu sangue.

Os resultados dirão se os níveis estão normais (níveis abaixo de 100 mg/dl.).

Também podem indicar alterações, se os níveis estiverem entre 100 mg/dL e 125 mg/Dl (Intolerância à Glicose e/ou Resistência à Insulina).

Além disso, o exame de glicemia de jejum serve para diagnosticar a hipoglicemia (baixa quantidade de açúcar no sangue, causando tonturas, confusão mental) proporcionada, geralmente, quando os níveis da glicose estão abaixo de 70 mg/dl.).

Os níveis acima de 200 mg/dL podem indicar diabetes. Todo exame alterado, mas próximo dos níveis normais, devem ser confirmados com outra dosagem de glicemia ou outros exames.

Quem deve fazer?

Muitas vezes, este exame é solicitado pelo médico a pacientes que são suspeitos de ter diabetes, uma doença que aumenta a glicose no sangue ou serve para acompanhar os níveis de glicemia de pessoas que já tem diabetes.

Inclusive pode ser solicitado para pessoas que apresentam fatores de risco, como:

• Pessoas com sintomas de diabetes
• Obesas
• Hipertensas
• Sedentárias
• Histórico familiar de diabetes

Mas também é solicitado como parte de exame de rotina.

Preparos

Estar de jejum (não ingerir alimentos ou bebidas) no mínimo de 3 horas antes do exame para crianças de até 3 anos e 11 meses. E a partir de 4 anos e adultos, jejum de 12 horas.

Além disso, é importante não realizar muito esforço físico até 12 horas que antecedem exame de glicemia de jejum.

Recomenda-se que na semana anterior ao exame, a pessoa mantenha a alimentação normalmente e um dia antes evite consumir bebida alcoólica e cafeína. Após o exame, pode-se alimentar normalmente.

Lembramos que, se você tem exames ou consultas que não podem ser deixados para depois, faça. Não deixe sua saúde de lado. E tome todos os cuidados necessários ao sair, combinado? Clique aqui para agendar.

Da redação