prótese-mamária.jpg

21 de janeiro de 2019 0

Após a inclusão de próteses mamárias o rastreamento do câncer de mama pode ser melhor realizado através de utilização de ressonância magnética das mamas.

Este exame é o mais sensível para avaliar o tecido submamário, toda a glândula na presença da prótese, sendo superior a realização de mamografia.

Além disso, o que se percebe é que as mulheres que fazem a cirurgia de próteses mamárias aumentam a auto-percepção do corpo.

Elas acabam se vendo mais no espelho, apalpando mais as mamas, avaliando seu resultado cirúrgico e isso nos lembra de uma coisa muito importante: o auto-exame das mamas e promove a prevenção do surgimento de lesões cancerígenas nas mamas.

Portanto, a inclusão de prótese mamária e o câncer de mama não desfavorecem um ao outro. Pelo contrário, mulheres quando fazem inclusão de prótese de mama se percebem melhor e se examinam mais.

Na dúvida, consulte seu cirurgião plástico, profissional que melhor poderá lhe avaliar e orientar.

Dra. Georgia Maria de Carvalho Peres

Cirurgiã plástica e Membro do Corpo Clínico da Clínica Fares

CRM 180223