ultrassom.jpg

17 de agosto de 2020 0

Um dos principais fatores para o agravamento do câncer de mama, é o diagnóstico tardio da doença. Para identificar qualquer problema e se prevenir, um dos principais exames que toda mulher deve realizar é o ultrassom das mamas.

O que é o ultrassom da mama?

A ultrassonografia da mama é um exame que deve fazer parte da rotina da mulher, ele serve para prevenir e examinar alguns tipos de alterações mamárias.

Com o ultrassom da mama, é possível que o médico análise melhor todo o tecido mamário e veja se há alguma alteração, como cistos, nódulos.

O ultrassom é realizado com indicação médica e, geralmente, é solicitado pelo médico para analisar se há lesão nos tecidos mais densos da mama, inclusive em mulheres com histórico familiar, histórico pessoal com câncer de mama e em caso de mulheres que tenham implantes de silicone. Além de ser um exame de rastreamento para pacientes jovens, com mama densa.

Como é feito o ultrassom?

Para ser feito o ultrassom da mama o paciente deita numa maca e o médico coloca um gel sobre a pele onde o transdutor (dispositivo portátil ligado a máquina do exame) é passado; o gel lubrifica a pele e ajuda a conduzir as ondas sonoras de alta frequência que fazem os tecidos vibrarem.

A vibração dos tecidos é captada pelo aparelho que forma imagens. Assim, o médico ultrassonografista pode interpretar as imagens e identificar qualquer anormalidade nas mamas.

O procedimento tem duração de cerca de 30 minutos e não provoca incômodos.

E quando estiver grávida?

Quando está grávida pode sim fazer o ultrassom da mama. Já a mamografia pode expor o bebê e sua formação devido a sua carga de radiação.

Agora, em situações em que a suspeita do câncer de mama for realmente confirmada na mulher grávida, é necessário realizar a mamografia. Desta forma, o abdômen da mulher é protegido para que não haja nenhum problema ao bebê.

Outro ponto que deve ser destacado é que o aleitamento acima de 6 esses é fator protetor.

Nos demais casos, a ultrassonografia e a mamografia são exames essenciais que se completam, ou seja, é necessário realizar os dois para se prevenir ou tratar qualquer problema identificado. Inclusive, para a mamografia é o principal exame para rastreamento do câncer de mama, ainda mais para pacientes acima de 40 anos.

Fatores de risco para o câncer de mama

  • Tabagismo
  • Histórico familiar (parente de 1º grau com antecedente de câncer de mama
  • Histórico pessoal

Converse com seu médico!

Segundo o INCA (Instituto Nacional de Câncer) apenas no ano passado houveram quase 60 mil novos casos de câncer de mama no Brasil, sendo uma das doenças mais comuns entre as mulheres.

Por isso, temos a Campanha do Outubro Rosa para alertar todas as mulheres sobre essa doença e mostrar que existe prevenção e tratamento.

Todos os exames, a ultrassom da mama, a mamografia e o autoexame, têm sua importância dentro da prevenção e saúde da mulher. E na dúvida, você deve conversar com seu médico, ele é quem melhor pode te orientar. Clique aqui para agendar uma consulta com ginecologista.

Clique aqui – você pode ver como fazer o autoexame da mama em casa.