Cansaço frequente pode ser sintoma de insuficiência cardíaca - Clinica Fares
shutterstock_291041117-1000x585-1024x1024.jpg

8 de janeiro de 2016 0

Da Redação

 

Você é daqueles tipos de pessoas que, mal faz qualquer atividade simples, como descer alguns lances de escada, é já fica cansada como se tivesse corrido uma maratona? É bom ir atrás de um médico: por trás desse cansaço pode estar algo mais sério como um quadro de insuficiência cardíaca, por exemplo!

 

Vou explicar melhor. A insuficiência cardíaca é o comprometimento da capacidade do coração de suprir as necessidades do organismo.

 

É quando, é quando o bombeamento de sangue para os outros órgãos é prejudicado e muitos sintomas, como o cansaço frequente que citei, começam a surgir.

 

A insuficiência cardíaca é algo alarmante e quem atesta isso é a Organização Mundial da Saúde (OMS. O principal sintoma, como eu disse, é o cansaço após uma situação de esforço e, na fase avançada da doença, esse cansaço pode aparecer mesmo em repouso.

 

Inchaço nas pernas, aumento do volume abdominal e palpitações, entre muitos outros, são outros sinais bem comuns da insuficiência. O problema, naturalmente, costuma ser mais comum em pessoas idosas, mas pode acometer qualquer pessoa de qualquer faixa etária.

 

A explicação à insuficiência cardíaca ser maior em pacientes com mais de 65 anos é porque, na maioria das vezes, ela tem relação com outros problemas cardíacos como a velha e temida hipertensão, infarto, por exemplo.

 

Exames, como o ecocardiograma com Doppler, ecocardiograma bidimensional, cintilografia e ressonância magnética, ajudam a diagnosticar com precisão a doença que, quando diagnosticada precocemente, pode até evitar uma cirurgia de transplante.

 

Fique esperto ou esperta: algumas atitudes do dia a dia ajudam como controlar o peso, ingerir baixa quantidade de sal e gorduras e praticar regularmente atividades físicas, além de manter o controle da pressão arterial e do colesterol.

 

Procure manter sempre uma rotina regular de avaliação com seu médico cardiologista para não ser pego de surpresa pela doença. Até mais!