Melasma: saiba o que é essa mancha na pele
melasma-768x538-1.jpg

9 de abril de 2018 0

Uma das patologias dermatológicas causadas pelo sol, é o melasma.

O melasma é um distúrbio pigmentar caracterizado por manchas escuras que surgem na pele, principalmente, em mulheres entre 20 e 50 anos, e deixa um aspecto de envelhecimento.

O que mais contribui para o aparecimento do melasma é o sol, com seu aquecimento de encontro à pele e altas temperaturas.

As manchas do melasma podem aparecer no rosto – região central, mandíbula e buço. E normalmente, atingem as grávidas, pessoas com tendência genética ou que usam anticoncepcionais à base de estrógeno.

As vitaminas C e E também são ótimas antioxidantes e fortalecem o efeito do filtro solar que deve ser reaplicado a cada duas horas.

Contudo, existem alguns cuidados para evitar o melasma que começam dentro de casa, com cremes à base de, por exemplo, ácido glicólico ou retinoico.

Há também algumas formas de prevenir-se contra a doença do melasma, como, evitar exposição ao calor e sol; e usar proteções físicas (guarda-sol, chapéu etc).

O melasma é dividida em três tipos, que são eles:

Epidérmico – Tem depósito aumentado de pigmento por meio da epiderme – camada mais superficial da pele.

Dérmico – Considerado dérmico, quando as manchas de melanina atingem a derme profunda e superficial.

Misto – Quando ambos os tipos de depósito de melanina (epidérmico e dérmico) afetam a mesma derme.

Apesar disso, hoje em dia, têm diversos tratamentos para manchas nos consultórios, como peelings, lasers e clareadores. Procure um dermatologista, ele é o especialista que melhor poderá lhe orientar.

Dr. Werick Thiago de Souza Franca

Dermatologista e membro do Corpo Clínico da Clínica Fares

CRM 158910