Você usa aparelho odontológico? Saiba por que fazer tratamento fonoaudiólogo - Usa aparelho odontológico? Saiba por que fazer tratamento fonoaudiólogo
aparelho-odontológico-768x413.jpg

23 de julho de 2018 0

A fonoaudiologia e a odontologia caminham juntas e são importantes para os cuidados dos dentes, da musculatura orofacial e da linguagem verbal.

Isso acontece porque trabalham na busca pelo reestabelecimento das funções da mastigação, deglutição, respiração e fala.

Com isso, a fonoaudiologia se envolve com técnicas que ajudam o trabalho com aparelhos odontológico – fixo ou móveis, avaliando a postura correta da língua e sua interferência na oclusão adequada dos dentes.

Posição dos dentes

Dentre as especialidades possíveis que são necessárias para tratamento odontológico, a fonoaudiologia surge com o papel fundamental das melhorias nas funções reparadoras e estéticas.

Um exemplo é a dificuldade para a respiração bucal causando dificuldade para funções exercidas pelas bochechas e lábios.

Outro exemplo envolve a deglutição. No caso da saliva, deglutimos por volta de uma vez a cada três minutos durante a noite. Se a língua estiver em má posição poderá causar a mordida aberta (os dentes superiores não tocam os dentes inferiores).

Qual o tratamento ideal?

A fonoaudiologia tem o papel de tornar o tratamento odontológico mais eficaz e rápido.

Sendo assim, esta área atua na avaliação dos músculos e funções de fala, deglutição, respiração e se caso for necessário acontece sua intervenção no tratamento através de um planejamento individual para cada correção.

Orientações

Algumas orientações para quem usa aparelho e podem ajudar no tratamento são:

 

  • Manter a mastigação alternada entre o lado direito e esquerdo da boca; pois traz diversos benefícios, como para o bom funcionamento do sistema digestivo e para saúde dos dentes;
  • Respire pelo nariz, mantenha os lábios fechados quando respirar, pois isso pode causar pequenas alterações na face, principalmente na posição da língua e lábios.
  • Use canudos para ingerir líquidos e sugue com as bochechas;
  • A ponta da língua deve ficar encostada no céu da boca. Lembrando que não pode tocar os dentes.

 

Vivian Pardini Landulfo
Fonoaudióloga e Membro do Corpo Clínico da Clínica Fares
CRFA 13.186