Esclareça suas dúvidas sobre o sarampo - Clinica Fares Esclareça suas dúvidas sobre o sarampo
sarampo-768x511.jpg

19 de julho de 2018 0

A doença que virou manchete dos jornais nos últimos dias é o sarampo e realmente merece atenção.

Com isso, a seguir você poderá entender melhor sobre seus sintomas, tratamentos e causas, e caso precise de ajuda, você poderá procurar por um infectologista para lhe orientar.

O que é o sarampo?

É uma doença contagiosa que é transmitida por via oral que pode levar a óbito, sendo uma das maiores causadoras da mortalidade infantil no mundo.

Sendo uma doença infecciosa aguda pode ser transmitida por meio de tosse, espirro e até mesmo da fala.

Apesar da gravidade, o sarampo pode ser evitado com a vacina.

Quais são os sintomas do sarampo?

Há alguns sintomas da doença que podem ser identificados, como:

  • Dor de cabeça
  • Tosse
  • Coriza
  • Conjuntivite
  • Febre acima de 38,5ºC
  • Manchas vermelhas pelo corpo (no rosto e atrás das orelhas)
  • Manchas brancas na mucosa bocal (entre 1 e 2 dias antes das manchas vermelhas)

Outros sinais

Além desses principais sintomas, também é possível identificar o sarampo através dos sinais por período:

Infecção

Pode durar, aproximadamente, cerca de, sete dias, com febre, tosse seca, fotofobia (aversão de luz) e conjuntivite.

A partir do 2º ao 4º dia, aparecem as manchas vermelhas e os sinais começam a ficar mais evidentes, além das manchas, há irritação na pele.

Remissão

Acontece a diminuição dos sintomas, inclusive a febre diminui e a pele pode ficar mais escurecida. Em algumas situações, a pele pode ter uma descamação fina.

Período toxêmico

Pode haver complicações, em crianças com até dois anos, especialmente as desnutridas, além dos adultos jovens.

Como acontece a transmissão da doença

Acontece através de secreções ao falar, tossir e/ou espirar. Sua transmissão se dá de quatro a seis dias antes e até quatro dias depois do aparecimento de manchas vermelhas.

O tempo de maior transmissão é dois dias antes e dois dias após o início das manchas vermelhas.

Sua transmissão pode ser influenciada pelas condições do sistema imunológico, nutricional e aglomerados públicos.

O sarampo pode afetar homens e mulheres, na maioria das vezes, crianças.

Você deve se prevenir

A única e eficiente forma para evitar o sarampo é com a vacina. Inclusive tem o Calendário Nacional da Vacinação.

Quem NÃO deve se vacinar

  • Pessoas que suspeitam já estar infectadas
  • Gestantes
  • Menores de seis meses de idade
  • Pessoas que suspeitam estar infectadas
  • Pacientes imunocomprometidos

Já os viajantes com destinos internacionais, profissionais itinerantes ou que lidam diretamente com turistas ou até mesmo turistas com destino Brasil, devem se atentar a carteirinha de vacinação para serem avaliados e vacinados.

O tratamento

Não tem um tratamento específico para o sarampo. O indicado é a administração de vitamina A em crianças, para reduzir os casos mais graves, além do uso de sintomáticos (Paracetamol , Ibuprofeno).

Já para os casos mais “leves” deve-se manter a hidratação e a boa alimentação.

Fonte: Ministério da Saúde

Dr.Luiz Taveira dos Santos

Infectologista, clínico geral e Membro do Corpo Clínico da Clínica Fares

CRM 74794