Nao saia da dieta na Copa do Mundo
dieta-768x576.jpg

4 de julho de 2018 0

A Copa do Mundo é um dos momentos mais esperados pelos brasileiros e a cada jogo vem a vontade de encontrar os amigos, a família e fazer aquele happy hour, churrasco e comer muitos petiscos.

Mas é neste momento de encontros e festas que cometemos os maiores deslizes com a dieta. Segue abaixo algumas dicas para aproveitar e torcer muito pelo Brasil mas sem perder o foco na dieta:

1. Refeição saudável de costume

Sempre antes de sair com seus amigos faça sua refeição saudável de costume (sua dieta personalizada), isso ajuda a reduzir a fome e a vontade de pedir algo extremamente calórico para comer no local;

2. Beba muita água pura! 

A conta é simples para cada 350 ml (uma lata de cerveja por exemplo) a pessoa deve beber 100 ml de água pura, este é o suficiente pra minimizar a ressaca, hidratar e ajudar o organismo no processamento do álcool pelo fígado. Além de hidratar, e diluir o teor de álcool ajuda na sensação de saciedade;

3. Degustando petiscos

Quando chegar ao evento, comece degustando petiscos que dão mais saciedades como as oleaginosas (castanhas, amêndoas, nozes), como as azeitonas e frutas secas, se optar por amendoim prefira os assados no forno com o mínimo de sal do que os industrializados que costumam ser frito e muito mais calóricos;

4. Mais proteínas magras 

Se for pedir um prato, opte por refeições com mais proteínas magras como filé de frango ou peixe grelhado e o mínimo possível de carboidrato, e se possível escolher os integrais.

5. Drinks

Prefira drinks com frutas vermelhas, que são ricas em antioxidantes, e ervas como hortelã, nas caipirinhas. A melhor opção é adoçar com adoçantes que não agregam calorias, mas se não for possível escolha frutas mais adocicadas para reduzir a adição de açúcar;

Mas, se mesmo assim, houver exageros durante os dias de jogos segue orientações para o dia seguinte:

6. Hidratação 

Dependendo de como foi a ingestão de álcool, é possível que a pessoa apresente uma ressaca com sintomas de desidratação e dor de cabeça. O tratamento é feito com muita hidratação para reposição de líquidos e alimentação leve, e se for necessário tomar algum analgésico e medicamentos indicados para tratamento gástrico em casos de lesões por causa de vômito

7. Jejum

Vale apena investir em um pequeno jejum no dia seguinte. Deixar o almoço ser a primeira refeição do dia, deixando o corpo usar as gordurinhas

8. Fácil digestão

Quando for almoçar e jantar, opte por alimentos de fácil digestão como saladas, frutas e carnes magras.

9. Sucos antioxidantes

Porque ajudam a fazer um detox no organismo. Exemplo: Suco com couve crua, abacaxi e gengibre.

Na dúvida procure por seu nutricionista de confiança!

Dra Aida Sahid Sayah

Nutricionista e Membro do Corpo Clínico da Clínica Fares

Crn: 38672