Otites: o que saber sobre elas?
otite-768x480.jpg

2 de maio de 2018 0

Febre, dores fortes no ouvido, secreção e diminuição da audição são alguns indícios da infecção chamada otite.

A infecção pode surgir em até três regiões da orelha, com sintomas diferentes.

Pode afetar qualquer faixa etária, porém a ocorrência na infância é mais frequente.

Os sintomas variam de acordo com cada tipo de otite. No entanto, dores, diminuição de audição e febre, são sinais para os quatro tipos:

Otite externa: estimulada por acúmulo de água e resíduos, por isso é preciso ter cuidado com a criançada nas praias e piscinas. Além dos traumas locais.

Otite média: acúmulo de líquido no ouvido médio, atrás do tímpano, onde deveria haver apenas ar. Normalmente, acontece após períodos de gripe, sinusite ou resfriado. A otite média está ligada a secreção nas vias aéreas superiores, portanto, a prevenção contra resfriado é uma boa tática para evitar tal afecção.

Otite interna: muito menos frequente que as outras causas, sua manifestação se dá na orelha interna e sintomas como zumbido e tontura podem ocorrer.

Otite crônica: sua maior característica é a secreção com aspecto de muco atrás da membrana do tímpano.

Como identificar

Através do exame de otoscopia o médico consegue visualizar o conduto auditivo e fazer o diagnóstico da infecção, somente assim é possível indicar o melhor tratamento.

Como evitar

A recomendação principal é não colocar nenhum corpo estranho dentro do ouvido. Ter bastante atenção com as crianças que estão de férias e seus objetos pequenos. Além de manter os ouvidos fora de umidade, secando sempre bem após o banho.

Na dúvida procure por seu Otorrinolaringologista de confiança!

Dr. Daniel Cesar Silva Lins

Otorrinolaringologista e Membro do Corpo Clínico da Clínica Fares

CRM 170548