Praia, piscina e a dor de ouvido
shutterstock_560626771-1024x1024.jpg

11 de agosto de 2017 0

No verão, nada melhor do que praia e piscina, não é mesmo? O problema é quando começamos a sentir um incômodo no ouvido por ter ficado muito tempo em contato com a água. Mas por que será que isso acontece?
Ele é um órgão muito sensível e tem uma proteção chamada cerume, conhecida também como cera de ouvido. Ela age como um antibiótico e quando uma grande quantidade de água retira essa proteção natural é possível ter uma Otite Externa. Essa doença é uma infecção no canal auditivo e é causada por bactérias e fungos que podem surgir quando toda a cera de proteção é retirada do ouvido.

O que fazer para evitar a doença?

  • Enxugar com uma toalha macia a parte externa do ouvido após tomar banho;
  • Antes de fazer uma sequência de mergulhos em piscinas deve-se colocar um algodão com um pouco de óleo próximo ao canal auditivo;
  • Em atividades esportivas e hidroginásticas é importante o uso de aparelhos de proteção indicados pelo médico;
  • Evitar o uso de hastes flexíveis (cotonetes)
  • Procurar um médico otorrinolaringologista, especialista em doenças de ouvido, nariz, garganta etc.

 

dra.Heloisa

 

 

 

 

 

 

Dra Heloisa dos Santos Sobreira
Otorrinolaringologia
CRM: 150199