Ensinar meu filho a respeitar a fome dele
criança-comendo-feliz-1024x1024.jpg

15 de fevereiro de 2018 0

Vamos dar sequência aos 10 mandamentos da boa alimentação infantil e é hora da sexta dica!

Ensinar seu filho a respeitar sua fome e saciedade

O simples ato de parar de oferecer alimentos quando a criança diz ou demonstra que não quer mais, já ajuda a não prejudicar as sensações de fome e saciedade tão preservadas nas crianças.

Evitar a distração também ajuda. Quem presta atenção ao que come percebe melhor se já é suficiente.

Mas além disso, conversar com a criança sobre esse conceito de forma lúdica e descontraída pode ajudar a construir uma relação melhor com as refeições.

O que fazer: antes de começar a comer, ensine a criança a dimensionar sua fome.

Escalas de fome e saciedade podem ser difíceis de aplicar em crianças, mas a ideia de “barriguinha cheia” e “barriguinha vazia” podem ser um bom início.

Ensiná-los a comer devagar, mastigando mais e prestando atenção ao sabor também é uma dica importante.

Uma ideia é perguntar em que parte da língua ele está sentindo esse ou aquele sabor.

Incentive ainda a criança a associar sabores a cores ou texturas, além de divertido pode ser uma boa forma de iniciar o ato de comer com atenção plena.

Você pode acompanhar as demais dicas clicando nos links abaixo:

1º mandamento da boa alimentação infantil

2º não recorrer a distrações

3º escolher o local adequado para comer

4º defina um tempo para a criança comer

5º deixem seus filhos comerem sozinhos

Dra. Ana Claudia de Souza Rodrigues

Especialista em Pediatria, Endocrinologia infantil e Membro do Corpo Clínico da Clínica Fares

CRM 29738