Hemorroidas: desconforto e baixa autoestima - Clinica Fares
hemorroida21-900x585-1024x1024.jpg

4 de fevereiro de 2016 0

Por Redação

 

Hemorroida não é algo que quem tem costuma dizer aos quatro cantos. Muito pelo contrário: quem sofre com o problema acaba nunca saindo do armário.

 

Definida como inflamação dos vasos do ânus, a patologia é vista como tabu pela sociedade e pouco se discute sobre ela.

 

Os principais sintomas são dor, sangramento, coceira, ardência e desconforto. Mas o sintoma mais comum é o sangramento durante a evacuação. Dureza! O problema é que a pessoa sente algo estranho, mas pensa que é eventual e não liga.

 

Tempos depois, ocorre outra perda de sangue e a pessoa acha que, novamente, é algo isolado. Aí ela vai empurrando e nunca se preocupa com aquilo. O perigo mora aí.

 

Muitos homens e mulheres se ehemorroida1nvergonham de procurar um médico ou conversar sobre o problema e isso pode acabar resultando em um diagnóstico tardio, agravando a doença podendo sendo preciso até mesmo uma intervenção cirúrgica.

 

Uma das principais causas para a hemorroidas surgir é o intestino preso. As fezes ressecadas, com o tempo, podem desenvolver a patologia. Outro fator de risco é a gravidez, em decorrência do peso do feto sobre a região anal, que pode dilatar os vasos.

 

O tratamento é indicado de acordo com o grau do problema, sendo que o mais comum é a administração de medicamentos tópicos.

 

Cultivar bons hábitos alimentares pode retardar ou aliviar os sintomas. Além disso, é muito importante beber bastante água e investir numa dieta rica em fibras.